ARCO BRASIL
Atenção seguir as regras abaixo para comprar ou vender no fórum. Quem não seguir as regras será banido, tera os IPs bloqueados e tópico deletado. Sem exceção à regra!

Leia as regras no tópico abaixo:

http://www.arcobrasil.com/t42-regras-basicas-leia-com-atencao-antes-de-postar-um-topico
ARCO BRASIL

Fórum sobre Arco e Flecha (e tudo que for relacionado ao tema) para reunir todos os entusiastas deste esporte seja para competição ou lazer.
 
InícioCalendárioFAQMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mamute-sc
General
General


Mensagens : 7330
Data de inscrição : 24/08/2010
Idade : 48
Localização : São Carlos - SP - Brasil

MensagemAssunto: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Qui Out 13, 2011 8:03 am

para quem nunca acampou, mas gostaria de começar, a regra é estudar bastante, fazer um curso (se possível) e iniciar as andanças com alguém q já tem experiência e em acampamentos de curta duração

mas em caso de urgência, de ficar perdido segue um vídeo interessante sobre as 7 prioridades e a regra dos 3 (tudo em português)

Voltar ao Topo Ir em baixo
SanchoVJR



Mensagens : 2767
Data de inscrição : 07/04/2011
Idade : 27
Localização : Teresina - PI

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Qui Out 13, 2011 8:41 am

Adorei o vídeo mamute, bacana mesmo.

_________________
The General - Bowtech, Explorer - OMP, Arco Longo Indígena, Oneida Eagle Strike Force, Carabina AR1000 - SAG, Pistola Zoraki 5.5mm, CBC GII Standard.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.sobrevivencialismo.com
ianelli



Mensagens : 83
Data de inscrição : 20/03/2011
Idade : 25
Localização : Cabo Frio - RJ

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Seg Jan 09, 2012 3:19 am

Muito bom, realmente tudo o que ele falou ali tem sentido, e deve ser levado em conta.
O único problema é pra quem nunca fez uma fogueira, ou não está perto de água doce, ou está num lugar com muitos insetos perigosos, aí o bicho pega haha

Mas gostei muito do video, recomendadíssimo, obrigado por trazer à nós, Mamute!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Dom Jan 29, 2012 6:42 pm

Bom pessoal. Apezar do vídeo do colega de portugal ser bem explicativo, gostaria de dar os meus pitacos também.
Muita coisa se fala sobre acampamento e mesmo assim, ainda existe muita gente se lascando em acampamentos mal sucedidos. Tem muita coisa que se pode fazer para minimizar isso, além da escolha do local adequado, da companhia adequada e do momento oportuno pois de nada adianta se escolher os dois primeiros, ir acampar à beira de um riacho de aguas cristalinas com um expert em acampamento que já foi lá nesse mesmo lugar desenas de vezes mas que por um infortúnio do destino, pega-se uma chuva torrencial de verão e o rio aumenta, deixando os campistas ilhados ou mesmo arrasta todo o equipamento (e por vezes até os campistas) num toró daqueles.
Só pra ilustrar um pouquinho o que estou falando, no ano passado, fui com o eng° civil da empresa onde trabalho em um riacho que passa dentro das teras da usina pra ver o estrago que a chuva havia feito na cabeceira da ponte. Bom, o dito riacho (um córrego de uns 3 a 4 m de largura por uns 60 cm de fundura) fica distante da ponte cerca de 3 m, ou seja, pra água atingir aponte tem que encher uns 3 m. Pois bém, com apenas uma chuva de verão que deu por lá, a água que desceu das encostas foi tão grande que subiu mais de dois metros acima da ponte, arrastando toda a terra das cabeceiras e dos pilares que tinham estacas com mais de 5 m de profundidade, entortando a ponte e varrendo todo o mato da margem. Pra se ter uma idéia da água que desceu, a enchurrada criou valetas por dentro da mata ciliar que arrancaram árvores de mais de 70 cm de diâmetro pela raiz.
Então fica aqui o meus conselhos pra quem quer ir acampar pela primeira vêz pois o planejamento adequado é a base pra uma aventura prazeirosa e desfrutável.

1- Leve um bom kit de sobrevivência: Compacto, mas sempre leve em conta que se for ficar dois dias, deve se precaver para cinco dias. Se alguem quiser dou umas dicas do que pode ser levado.

2- A companhia é excencial: Veja se seus companheiros são parceiros mesmo ou são do tipo salve-se quem puder. Companheiros de cachaça não costumam ser bons companheiros de acampamento pois depois de bêbados, só dão trabalho e aborrecimento com reclamações e a falta de equipamento adequado, que ficam querendo pegar emprestado. Normalmente pessoas mais velhas e responsáveis tem muito a ensinar e são companhias agradáveis, principalmente na hora do bate papo em volta da fogueira, quando contam suas experiências.

3- A escolha do ambiente deve ser feita com critério: Ambientes que tem características especiais merecem cuidados especiais, a presença de cobras na região, barracas sempre fechadas; a presença de animais perigosos, fogueira sempre acesa e lenha de sobra por perto e vigilância constante; rios que ficam em fundos de vales extensos, monte acampamento sempre longe da água e em locais altos e sem perigo de enchurradas arrastando tudo; Locais com habitação por perto, cuidado redobrado pois o bicho homem é o mais perigoso dos animais;

4- Meios de locomoção sempre a postos: Por mais selvagem que gostemos que seja o nosso acampamento, e enfim a finalidade é isolamento, é sempre bom que os meios de locomoção estejam por perto pois uma perna quebrada ou um corte em região não vitais podem ser graves, mas não tanto quanto uma picada de cobra e, quanto mais tivermos que andar, mais rápido o veneno fará efeito. Faça um extrator de veneno e deixe sempre à mão.

5- Em caso de ir com experts em sobrevivência: Sempre que o "expert" falar que uma determinada coisa é boa pra comer, deixe que ele mostre como fazer e coma primeiro, se ele não comer... não coma.

6- Avise a alguem da sua familia onde vai, com quem vai e quando volta: Em caso de você não conseguir voltar por um acidente qualquer, esta pessoa vai dar o alarme sobre a sua ausência e acionar uma provável equipe de busca.

7- Em caso de terrenos de particulares, peça autorização aos donos do lugar: Alguns chacreiros e funcionários de fazendas podem permitir a sua estada no local mas o dono pode não gostar e estragar a festa, principalmente em locais onde já houveram incidência de roubos anteriores. O dono pode não ser muito amistoso. Rios e córregos são de responsabilidade da marinha, mas é o dono quem tem o dever legal de fiscalizar e preservar então ele tem poderes pra mandá-lo sair e ser respeitado.

8- Nunca se aproprie de nada que não lhe pertence: Mesmo que estiver próximo a um milharal ou um mandiocal, só apanhe se antes houver conversado com o dono ou se tiver conhecimento de longa data com este e souber com certeza que ele permitirá. Outras coisas então, nem é preciso comentar né.

9- Ao banhar-se em rios de pedras, fique atento aos redemoinhos: Normalmente são sinais de obstáculos submersos. Pedras grandes criam ondulaçoes altas e depous uma quebra com poucas espumas, já os temiveis sumidouros aparecem em forma de redemoinhos e tragam as pessoas para baixo, normalmente são formados pela ação da égua que forma túneis escavados na rocha, entrando aqui e saindo acolá, mas que pode ser o suficiente para não deixá-lo sair nunca mais.

10- E, por último, mas nem por isso menos importante, a proteção à saúde: Protetor solar de acordo com a sua pele e o clima, repelente contra insetos, Exposição controlada aos elementos, agazalhos adequados à época (e as famosas inversões térmicas), proteção contra o sol na cabeça, óculos escuros para evitar reflexos, enfim, preveja o tipo de ambiente que vai, a época do ano e providencie proteção adequada.

Eu sei que isso tudo parece meio extenso pra quem não tem muita experiência, mas perceba que a maioria das coisas são apenas cuidados e não se traduzem em investimentos ou materiais e isso se tornará uma regra pra quem começar a freqüentar ambientes isolados assim que passar alguns sustos com a não observação (como já ocorreu comigo). Depois de algum tempo, isso se torna automático e nem perceberá que está praticando.

No mais, desejo a todos bons acampamentos e grandiosos momentos de contemplação e aventura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mamute-sc
General
General


Mensagens : 7330
Data de inscrição : 24/08/2010
Idade : 48
Localização : São Carlos - SP - Brasil

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Dom Jan 29, 2012 8:39 pm

grande Sandro, já q deu suas preciosas dicas, me conte por favor o q seria indispensável num kit de sobrevivência e outra dúvida, como se faz um extrator de veneno de cobra
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Dom Jan 29, 2012 8:58 pm

Graaande Mamute.
Este extrator para veneno de cobras é muito simples.
Pega-se uma seringa de uns 10 ou de 15 ml e corta-se a extremidade da ponta.
Imediatamente apos haver sido picado, você coloca ela sobre a perfuração e faz a sucção puchando o êmbolo. A extração não é 100%, mas garante que uma parte do veneno seja extraida minimizando o efeito.
Vou comprar uma seringa amanhã e coloco um tutorial de como fazer e usar tá bom.
Quanto ao kit de sobrevivência, vamos fazer assim. Eu vou preparar um post pra essa semana ainda e posto aqui as minhas considerações. Falou, ai eu abro a discussão pra galera falar o que acha. A propósito. Eu mandei pra você o manual da Explora Survival que eu traduzi?
Se não mandei, me avisa que eu te mando. Abraços.
Voltar ao Topo Ir em baixo
ENIO MONTARDO



Mensagens : 879
Data de inscrição : 28/07/2010
Idade : 55
Localização : PELOTAS RS

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Dom Jan 29, 2012 9:26 pm

Sandro escreveu:
Bom pessoal. Apezar do vídeo do colega de portugal ser bem explicativo, gostaria de dar os meus pitacos também.
Muita coisa se fala sobre acampamento e mesmo assim, ainda existe muita gente se lascando em acampamentos mal sucedidos. Tem muita coisa que se pode fazer para minimizar isso, além da escolha do local adequado, da companhia adequada e do momento oportuno pois de nada adianta se escolher os dois primeiros, ir acampar à beira de um riacho de aguas cristalinas com um expert em acampamento que já foi lá nesse mesmo lugar desenas de vezes mas que por um infortúnio do destino, pega-se uma chuva torrencial de verão e o rio aumenta, deixando os campistas ilhados ou mesmo arrasta todo o equipamento (e por vezes até os campistas) num toró daqueles.
Só pra ilustrar um pouquinho o que estou falando, no ano passado, fui com o eng° civil da empresa onde trabalho em um riacho que passa dentro das teras da usina pra ver o estrago que a chuva havia feito na cabeceira da ponte. Bom, o dito riacho (um córrego de uns 3 a 4 m de largura por uns 60 cm de fundura) fica distante da ponte cerca de 3 m, ou seja, pra água atingir aponte tem que encher uns 3 m. Pois bém, com apenas uma chuva de verão que deu por lá, a água que desceu das encostas foi tão grande que subiu mais de dois metros acima da ponte, arrastando toda a terra das cabeceiras e dos pilares que tinham estacas com mais de 5 m de profundidade, entortando a ponte e varrendo todo o mato da margem. Pra se ter uma idéia da água que desceu, a enchurrada criou valetas por dentro da mata ciliar que arrancaram árvores de mais de 70 cm de diâmetro pela raiz.
Então fica aqui o meus conselhos pra quem quer ir acampar pela primeira vêz pois o planejamento adequado é a base pra uma aventura prazeirosa e desfrutável.

1- Leve um bom kit de sobrevivência: Compacto, mas sempre leve em conta que se for ficar dois dias, deve se precaver para cinco dias. Se alguem quiser dou umas dicas do que pode ser levado.

2- A companhia é excencial: Veja se seus companheiros são parceiros mesmo ou são do tipo salve-se quem puder. Companheiros de cachaça não costumam ser bons companheiros de acampamento pois depois de bêbados, só dão trabalho e aborrecimento com reclamações e a falta de equipamento adequado, que ficam querendo pegar emprestado. Normalmente pessoas mais velhas e responsáveis tem muito a ensinar e são companhias agradáveis, principalmente na hora do bate papo em volta da fogueira, quando contam suas experiências.

3- A escolha do ambiente deve ser feita com critério: Ambientes que tem características especiais merecem cuidados especiais, a presença de cobras na região, barracas sempre fechadas; a presença de animais perigosos, fogueira sempre acesa e lenha de sobra por perto e vigilância constante; rios que ficam em fundos de vales extensos, monte acampamento sempre longe da água e em locais altos e sem perigo de enchurradas arrastando tudo; Locais com habitação por perto, cuidado redobrado pois o bicho homem é o mais perigoso dos animais;

4- Meios de locomoção sempre a postos: Por mais selvagem que gostemos que seja o nosso acampamento, e enfim a finalidade é isolamento, é sempre bom que os meios de locomoção estejam por perto pois uma perna quebrada ou um corte em região não vitais podem ser graves, mas não tanto quanto uma picada de cobra e, quanto mais tivermos que andar, mais rápido o veneno fará efeito. Faça um extrator de veneno e deixe sempre à mão.

5- Em caso de ir com experts em sobrevivência: Sempre que o "expert" falar que uma determinada coisa é boa pra comer, deixe que ele mostre como fazer e coma primeiro, se ele não comer... não coma.

6- Avise a alguem da sua familia onde vai, com quem vai e quando volta: Em caso de você não conseguir voltar por um acidente qualquer, esta pessoa vai dar o alarme sobre a sua ausência e acionar uma provável equipe de busca.

7- Em caso de terrenos de particulares, peça autorização aos donos do lugar: Alguns chacreiros e funcionários de fazendas podem permitir a sua estada no local mas o dono pode não gostar e estragar a festa, principalmente em locais onde já houveram incidência de roubos anteriores. O dono pode não ser muito amistoso. Rios e córregos são de responsabilidade da marinha, mas é o dono quem tem o dever legal de fiscalizar e preservar então ele tem poderes pra mandá-lo sair e ser respeitado.

8- Nunca se aproprie de nada que não lhe pertence: Mesmo que estiver próximo a um milharal ou um mandiocal, só apanhe se antes houver conversado com o dono ou se tiver conhecimento de longa data com este e souber com certeza que ele permitirá. Outras coisas então, nem é preciso comentar né.

9- Ao banhar-se em rios de pedras, fique atento aos redemoinhos: Normalmente são sinais de obstáculos submersos. Pedras grandes criam ondulaçoes altas e depous uma quebra com poucas espumas, já os temiveis sumidouros aparecem em forma de redemoinhos e tragam as pessoas para baixo, normalmente são formados pela ação da égua que forma túneis escavados na rocha, entrando aqui e saindo acolá, mas que pode ser o suficiente para não deixá-lo sair nunca mais.

10- E, por último, mas nem por isso menos importante, a proteção à saúde: Protetor solar de acordo com a sua pele e o clima, repelente contra insetos, Exposição controlada aos elementos, agazalhos adequados à época (e as famosas inversões térmicas), proteção contra o sol na cabeça, óculos escuros para evitar reflexos, enfim, preveja o tipo de ambiente que vai, a época do ano e providencie proteção adequada.

Eu sei que isso tudo parece meio extenso pra quem não tem muita experiência, mas perceba que a maioria das coisas são apenas cuidados e não se traduzem em investimentos ou materiais e isso se tornará uma regra pra quem começar a freqüentar ambientes isolados assim que passar alguns sustos com a não observação (como já ocorreu comigo). Depois de algum tempo, isso se torna automático e nem perceberá que está praticando.

No mais, desejo a todos bons acampamentos e grandiosos momentos de contemplação e aventura.
11-certifique-se que não há ninguém por perto mas ninguém mesmo com acesso a michel telló,Asa de Águia ou pior ainda....funck!!!!

_________________

"...Não basta para ser livre ser forte, aguerrido e bravo
Povo que não tem virtude,acaba por ser escravo..."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Dom Jan 29, 2012 10:18 pm

Pois é Enio.
Esqueci disso.
Pois isso estraga qualquer acampamento. KKKKKKKKKKK
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Dom Jan 29, 2012 10:30 pm

Mamute.
Dá uma olhada lá que escrevi um tópico sobre kits de acampamento.
Pra variar, é extenso pra caramba.
Tirei parte do livro que te falei, e se quizer abreviar o sofrimento é só ir até o final e ler a montagem do kit pras diferentes situações. O resto do texto são as advertências e dicas mas que se pode ler devagarinho com tempo depois.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mamute-sc
General
General


Mensagens : 7330
Data de inscrição : 24/08/2010
Idade : 48
Localização : São Carlos - SP - Brasil

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Seg Jan 30, 2012 4:47 am

mais uma vez muito obrigado, grande abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sasha Siemel



Mensagens : 242
Data de inscrição : 08/10/2012
Localização : Porto Alegre - RS

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Qui Abr 04, 2013 12:15 am

Achei um material bem legal no site de um grupo escoteiro: http://www.arnofriedrich.org.br/crbst_43.html

ACAMPANDO

DICAS

No acampamento vamos colocar em prática todas as técnicas escoteiras, mateiras, de segurança, ou seja, tudo aquilo que aprendemos na sede, dando oportunidade ao crescimento do espírito escoteiro. Montando a barraca, as pioneirias do canto de patrulha, cozinhando as próprias refeições, divertindo-se nos jogos, cantando no fogo de conselho ao redor da fogueira são momentos que você irá lembrar por muito tempo, por ter vivenciado a fraternidade escoteira. Após adestramento em atividades na sede do Grupo, é hora de colocar em prática tudo aquilo que foi treinado. Alguns cuidados devem ser tomados para que a atividade seja a mais proveitosa possível para todos:

* Durante o verão, acampe preferencialmente próximo de árvores frondosas para aproveitar a sua sombra à tarde. Para isso, convém saber onde nasce o sol, o que permitirá a montagem da cozinha em um lugar adequado, o mais sombreado possível, e prevenir que à noite a barraca esteja quente e abafada. Evite árvores muito altas ou isoladas que durante as tempestades atrairão raios.
* Durante o inverno, é aconselhável acampar próximo a uma pedra grande, para que os raios solares aqueçam durante o dia e à noite irradie o calor, diminuindo o frio local.
* Verifique a direção e sentido do vento, pois a entrada da barraca não deve ser frontal ao vento.
* Cerque sempre o local de acampamento, para evitar invasão de intrusos, desconhecidos, animais, etc.
* Não leve “contrabando”, para não atrair animais próximos ao local de acampamento.
* Deve ser mantida uma vigilância (a famosa “Ronda”) no período que estiver acampando, para que não ocorra invasão de intrusos, desconhecidos, animais, etc.
* Sempre tenha um canto do lenhador, abastecido com lenha suficiente para cozinhar 2 ou 3 refeições.
* Cave valetas em torno da barraca para impedir a invasão de água de chuva.
* Não se instale em terrenos baixos e planos, pois o acampamento pode se transformar num lamaçal.
* Procure não acampar em lugares úmidos e onde a vegetação é cerrada, devido a maior probabilidade de proliferação de insetos como mosquitos e pernilongos.

Após ter desmontado o acampamento, faça um pente fino. Lembre-se:
Devemos deixar o ambiente melhor do que quando o encontramos

Acantonamentos

A principal diferença entre acampamento e acantonamento é que no acampamento os escoteiros montam seu canto de patrulha, dormindo nas barracas. Enquanto que em acantonamento os escoteiros dormem em área coberta, tal como galpões, ginásios, casas, etc, sendo que as demais atividades podem ocorrer normalmente como em um acampamento, con¬forme a programação planejada.

Bivaque

Bivaque, palavra derivada do alemão beiwache , ou do francês bivouac , que significa: área de estacionamento em que você só dispõe de abrigos naturais, especialmente árvores, cavernas ou pedras planas. Bivaque é a técnica de se dormir na natureza sem a utilização de barracas, com o maior conforto possível e a menor agressão ao meio ambiente, é a arte de se abrigar sob as estrelas e de enfrentar as piores situações possíveis com muita criatividade. Os bivaques podem ser feitos com abrigos naturais ou construídos.

Excursões

São atividades de passeio que têm por objetivo a recreação, confraternização, formação, pesquisa, informação, visitas e assim por diante. Assim como os acampamentos, esta é também uma atividade que gostamos muito.
Elas podem ser realizadas das mais variadas formas: a pé, de bicicleta, de ônibus, de barco, ou qualquer combinação destes e de outros meios de transporte.
Uma excursão pode ser de um ou mais dias, de acordo com o planejamento da tropa. Como exemplo podemos citar:

* uma excursão na cidade, tendo por objetivo a educação no trânsito;
* uma excursão no campo, visando a aplicação do uso de bússola e mapa topográfico, confecção de croquis, pesquisas sobre meio-ambiente, levantamento sócio-econômico, etc;
* um passeio noturno;
* uma excursão com visita a uma cidade histórica;
* um passeio de barco com atividades recreativas.

É muito importante que todo o material, individual e coletivo, necessário para o acampamento seja preparado e organizado pelo Escoteiro com cuidado e atenção, afim de que não falte nada que comprometa o andamento das atividades ou o bem estar do grupo. Preparamos uma relação com os mais importantes itens que devem estar no seu material de acampamento. Imprima esta relação ou utilize dela para bolar sua própria lista adicionando tudo aquilo que você costuma levar sempre, assim, quando você precisar arrumar sua mochila não precisará ficar preocupado em estar esquecendo alguma coisa e certamente será muito mais prático e rápido.

* Dicas
Sempre leve em conta o tipo de acampamento que estará participando, substitua e adicione itens quando necessário seguindo as orientações de seu Chefe.
Em acampamentos volantes e Jornadas muito cuidado com o excesso de material, leve apenas o essencial. O peso total da mochila não deve ultrapassar 1/3 do seu peso.
Seu material deverá estar identificado de preferência. Você pode usar seu nome, iniciais ou alguma marca própria para não perder nada.
Não esqueça de colocar a quantidade de roupas de acordo com a duração do acampamento e com o clima.
Todo o material deverá estar organizado em sacos impermeáveis (de preferência), de acordo com o tipo (Individual, Cozinha, Higiene, etc), dentro da mochila.
Para os Monitores: Tenha sempre esta lista em mãos para entregar aos novos Elementos da Patrulha antes de um acampamento. Esta será uma ótima forma de orientação.


MOCHILA

Leis da mochila bem arrumada

1. Tudo fica DENTRO DA MOCHILA, nada pendurado para fora ou carregado nas mãos.
2. Tudo deve ficar dentro de sacos plásticos, impermeáveis.
3. Escolha uma mochila do seu tamanho (verificar se a barrigueira aperta direito), com armação rígida (alumínio ou aço) e alças acolchoadas.
4. Distribua o peso uniformemente

Dicas Gerais

$ A forma de distribuir o material pode variar dependendo do tipo de caminhada a ser enfrentada
$ A forma de ajuste também
$ Mantenha a mochila o mais alto possível e o mais junto ao corpo possível utilizando principalmente a barrigueira para transferir o pêso às pernas. As alças de ombro devem funcionar mais para aproximar a mochila ao corpo, e cuidado para não apertá-las demais e afetar a circulação de sangue.
$ Veja nos desenhos abaixo como distribuir pêso na mochila:

A relação de materiais e equipamentos a seguir, procura orientar “como” e “o que” levar numa atividade de campo. Lembre-se que um escoteiro tem de ser capaz de levar sua própria mochila, portanto observe sempre estes princípios básicos:

QUANTO MENOS PESO MELHOR
QUANTO MENOS VOLUME MELHOR

* TODO material deve ser IDENTIFICADO com o seu nome.
* Leve roupas e tênis confortáveis e de preferência mais VELHOS.
* Na mochila coloque cada item num saco plástico, cuidando para que as roupas, toalhas e coisas macias fiquem no lado que estará em contato com suas costas e coisas duras no fundo. Objetos que serão usados freqüentemente devem ser colocados na parte de cima (material de higiene, prato, caneca, etc.).

O que levar para um acampamento de 3 dias

O material listado a seguir é suficiente para um acampamento de 3 dias (2 noites). Qualquer coisa adicional significa apenas peso e volume.

Vestuário

Uniforme COMPLETO
03 camisetas
02 cuecas
01 conjunto de moletom
02 shorts ou bermuda
01 calção de banho
03 pares de meia
01 capa de chuva
01 agasalho para frio
01 tênis sobressalente
01 chinelo
01 calça jeans

Alimentação

01 sacola de pano para guardar os utensílios
01 prato fundo de plástico (não descartável)
01 caneca de plástico (não descartável)
01 colher, garfo e faca (não descartável)


Equipamento

01 mochila
01 saco de dormir
Isolante térmico para forrar o chão
Lanterna pequena com pilhas novas
Pilhas sobressalentes
Faca escoteira (só escoteiros com etapa rumo)
Canivete (só escoteiro com etapa trilha)
Caneta e papel
Sacos plásticos para roupas sujas
01 estojinho de “utilidades” (linha, agulha, etc.)
01 repelente contra insetos (não spray)
Protetor solar

Higiene

01 saboneteira com sabonete
01 pasta dental pequena e escova de dente
01 pente ou escova de cabelo
01 toalha de banho pequena






BARRACA


A barraca da patrulha é o nosso dormitório ao ar livre e igual que fazemos em nossa casa, é um espaço que devemos cuidar e desfrutar. Para nos beneficiar, existem dois requisitos fundamentais: manter a barraca em boas condições e armá-la corretamente. Como montar corretamente uma barraca?

Localização da barraca
• Escolha um local elevado, plano e com uma boa drenagem no caso de chuva.
• Nunca ponhas tua barraca nas margens de um rio ou arroio, nem dentro do leito seco.
• Não montes a barraca debaixo de grandes árvores. A queda de ganhos ou grandes frutos poderão causar acidentes. A resina de algumas
árvores pode inutilizar o sobre-teto da barraca.
• É perigoso armar a barraca debaixo de árvores solitárias, porque poderão atrair raios em caso de tempestade.

Preparando o local
• Limpe o local de elementos duros tais como paus, pedras, espinhos, vidros, latas e outros que possam rasgas o piso da barraca e incomodar
na hora de dormir. Lembre-se que alguns objetos podem parecer muito pequenos, porém podem resultar em grandes tormentos na hora de
deitarmos sobre eles.
• Prepare um colchão de palha, ervas e folhas secas e cubra-os com plástico grosso para que o piso da barraca não se suje nem umedeça.

Orientação
• Oriente a barraca para que receba sol pela manhã e sombra a tarde.
• Coloque-a de modo que a entrada não fique para o lado dos ventos dominantes.

A montagem da barraca
• Desembale a barraca e estenda no local escolhido, alisando-a bem para não formar dobras.
• Durante a montagem, todos os zíperes devem permanecer fechados.
• Fixe o piso da barraca usando espeques, começando pelos vértices opostos para que a tensão seja constante
e parelha.
• Monte a armação da estrutura, abra a barraca e introduza-os para o local indicado, normalmente com reforço do
tecido. Colocados aarmação, volte a fechar a barraca.
• Para que a barraca se mantenha de pé, estique as adriças e fixe-as no solo com espeques, da mesma maneira
que fizestes com o piso dabarraca.
• Estique e tencione as adriças principais (porta e da parte traseira) e se for necessário, endireite a barraca
afrouxando ou esticando as adriçaslaterais.
• Para instalar o sobre-teto se procede da mesma maneira. O sobreteto nunca deve estar em contato com o teto da barraca.
• Em certas condições de clima e de terreno, a localização da barraca pode correr o risco de entrar água da chuva. Nestes casos, deverás fazer
uma valeta de não mais de 10 cm de profundidade em volta da barraca, procurando que o deságüe se faça por um declive natural. Lembre sempre
de tapar a valeta quando for levantar acampamento.

Durante o acampamento
• Ao fazer o asseio matinal, abra bem a barraca para que ventile e feche-a depois de um
tempo para que não entre animais ou suje.
• Procure não entrar e sair constantemente da barraca, pois além de sujá-la podes ainda
fazer algum estrago.
• Nunca entre com os calçados nos pés.
• Tencione, estique ou afrouxe as adriças diariamente.
Desmontando
• Antes de desmontála, limpe bem seu interior e exterior.
• Siga os mesmos passos da montagem porém em sentido inverso.
• Limpe a terra dos espeques e guarde-os imediatamente em sua sacola, deste modo
evitarás que se deteriorem e se percam.

Escolha da Barraca
A escolha de uma boa barraca será o primeiro, mais não menos importante, passo no decorrer do seu aprendizado. Hoje (diferente de antigamente, quando costurávamos nossas próprias barracas) existem fábricas especializadas na produção dessas "coisas de plastico" e lojas de artigos para acampamentos. Antes de sair correndo atrás dessas lojas de camping pense bem:

• O tipo: Como abordado no livro "Escotismo para Rapazes", existem basicamente dois tipos de barracas: as barracas para longos e as barracas para curtos acampamentos. A barraca para longos são pesadas e rusticas porém, são uma excelente proteção contra o calor e frio essessivos; as de curta duração são leves, bem trabalhadas e fáceis de armar porém, não protegem muito bem ao frio e calor;
• O preço: Lembre-se da 9ª Lei Escoteira e corra atrás de um bom preço!
• A durabilidade: Pergunte ao vendedor sobre durabilidade da barraca, os bons fabricantes não escondem esse 'detalhe';
• A facilidade de uso: Quanto menor o tempo e a energia gastos na armação da barraca maior o tempo para outras atividades.
• Faça a sua: Você pode confeccionar a sua própria barraca! Certamente será uma ótima experiência para sua patrulha que pode, inclusive, ser uma fonte de renda na venda para outras patrulhas.

Eis algumas características de alguns modelos mais comuns:

1. Barraca do tipo Canadense:

* É um dos modelos mais tradicionais, de formato triangular quando vista de frente.
* Fácil de montar, pode ser encontrada em tamanhos variados.
* Como sua armação geralmente é de metal, é pesada para ser carregada a pé por trechos longos.
* O material também influi na escolha, sendo as feitas de lona mais quentes e pesadas que as fabricadas em nylon.

2. Barraca do tipo Bangalô:

* Também tradicional, parece uma casa. Tem quartos e uma varanda onde pode ser instalada a cozinha.
* É muito pesada por possuir a armação de metal e ser fabricada em lona.
* Abriga no mínimo 5 pessoas. Boa para famílias inteiras.

3. Barracas do tipo Iglu:

* Vários modelos, de formato variável, desde o tradicional iglu até modelos tubulares semelhantes a casulos.
* Há modelos grandes de base hexagonal com capacidade para mais de cinco pessoas.
* A armação é de fibra sintética (vidro, carbono), muitas vezes mais leve que as armações metálicas.
* São fabricadas em nylon e muito leves para carregar.
* Perdem em durabilidade para as de armação metálica.




FOGO

Cuidados
Nunca acenda uma fogueira sem tomar alguns cuidados, coloca a ti, aos outros e à mata onde estiveres em perigo.
- O local tem de estar bem limpo. Num raio de 3 ou 4 metros em torno da fogueira não pode haver qualquer espécie de detritos ou ervas secas
- faça a fogueira numa clareira, evite fazê-la por baixo da copa das árvores, para que as labaredas e fagúlhas não atinjam as árvores
- não faças fogueiras sobre as raízes das árvores
- não use papeis ou palhas secas como mecha porque se elevam no ar muito facilmente e demoram a apagar
- mantém perto da fogueira uma pá, um balde de areia e/ou vários ramos verdes para prontamente apagares qualquer faúlha que salte da fogueira.

Para fazer as mechas deve-se enrolar papel e amarrar com barbante e mergulhar em parafina derretida. Após, cortar em tamanhos adequados
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fly
Hunter
Hunter


Mensagens : 2359
Data de inscrição : 10/08/2011
Idade : 45
Localização : Içara - Santa Catarina - Sul do Mundo

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Qui Abr 04, 2013 9:11 am

Só pra mencionar:

se vai acampar na mata, uma rede com mosquiteiro e cobertura é mais prática que uma barraca.

abcs

Fly

_________________
E pensar que têm pessoas que acreditam que se acabarem com as armas no mundo os seres humanos se tornarão pacíficos.
Devem ter alguma falta grave de inteligência.
Fly.
Voltar ao Topo Ir em baixo
rubensrw



Mensagens : 2994
Data de inscrição : 08/04/2012
Idade : 54
Localização : Taboao da Serra - SP

MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Qui Abr 04, 2013 12:18 pm

Sasha Siemel escreveu:
Achei um material bem legal no site de um grupo escoteiro: ...


hehehe...

UMA VEZ ESCOTEIRO...
SEMPRE ESCOTEIRO!
SEMPRE...
ALETRAAA!!!

GE RAPOSO TAVARES 254/SP
Tropa mista Senior Kaxinawá

Essa dicas sao fundamentais, o que vejo de "nego" andando com mochila mal ajustada... isso detona as costas do "caboclo"
Se ajustar direitinho da para fazer looooooonnngas caminhadas sem praticamente sentir o peso da machila... se ela estiver bem assentada na cintura e equilibrada/alinhada nas costas, ate ajuda a corrigir a postura.

_________________


04/2012 - 09/2012 - Recurvo OnePiece Thimberhawk Sparrow 48" 36@24 - vendido
05/2012 - ......... - Recurvo Graetree Mohegan 62" 40#@28 - Cracked - restaurando
05-2012 - 03/2013 - Recurvo BearPaw Hard Hunter 62" 35#@28 - vendido
09/2012 - ......... - LongBow Bodnick Dakota 64" 45#@28
12/2012 - ......... - Samick Phantom 62" 45#@28
04/2013 - ......... - Samick Phoenix 60" 35#@28
06/2013 - ......... - Riser Cartel Fantom 25", limbs SF Premium Carbon 40# medium, Rest Decut Nova, Button Shibuya DX, SF Axiom sight, Set Estab SF Premium Carbon com V-Bar deslizante, Central 30", Laterais 10"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR   Hoje à(s) 4:44 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PARA QUEM NUNCA ACAMPOU, MAS GOSTARIA DE COMEÇAR
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Sistema anti-cambalhota para quem gosta de empinar motos
» Para quem usa muito o Alcool no Kazão
» Começando de baixo
» DICAS PARA QUEM ESTÁ COMEÇANDO A PILOTAR
» Truque para quem tem dificuldade de ligar o carro.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ARCO BRASIL :: Outros setores :: Camping e Bushcraft-
Ir para: