ARCO BRASIL
Atenção seguir as regras abaixo para comprar ou vender no fórum. Quem não seguir as regras será banido, tera os IPs bloqueados e tópico deletado. Sem exceção à regra!

Leia as regras no tópico abaixo:

http://www.arcobrasil.com/t42-regras-basicas-leia-com-atencao-antes-de-postar-um-topico
ARCO BRASIL

Fórum sobre Arco e Flecha (e tudo que for relacionado ao tema) para reunir todos os entusiastas deste esporte seja para competição ou lazer.
 
InícioCalendárioFAQMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 "causos" interessantes de acampamento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Mamute-sc
General
General


Mensagens : 7330
Data de inscrição : 24/08/2010
Idade : 48
Localização : São Carlos - SP - Brasil

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qui Nov 10, 2011 8:38 pm

Jorge, pense q vc foi buscar o jantar, ou além da mulher vc quer serviço a "la carte" no meio do mato Twisted Evil Twisted Evil

essa do olho do mandi eu não sabia (mais uma q aprendo aqui), PQP e dói pra caramba
Voltar ao Topo Ir em baixo
bitohc



Mensagens : 269
Data de inscrição : 12/06/2011
Localização : Caibi

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qua Nov 16, 2011 1:24 am

depois de ler quasi todo o topico tenho uma coisa pra dizer, carai como vcs são sortudos ?? um nado com piranhas outro com arraias assassinas e um com jacaré. pqp ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
maggot



Mensagens : 2
Data de inscrição : 15/07/2012
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Ter Out 23, 2012 10:18 pm

Galerá, entrar no rio com calça e coturno evita a aniquiladora ferroada de arraia?

_________________
"UM TUMÚLTO, UM ARQUEIRO".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Furadan



Mensagens : 875
Data de inscrição : 15/02/2012
Idade : 22
Localização : Palmas / Colinas - TO

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qua Out 24, 2012 1:02 am

Alguns anos atras, acho que por volta de 2007, estávamos na fazenda do meu pai, que nessa época ele possuía uma Silverado. O sol estava forte nesse dia (qual o dia que não ta por aqui...), então ele estacionou a caminhonete a uns 30m da sede, embaixo de uma arvorezinha que estava em um declive de mais ou menos 30°, trancou o carro e fomos para sede, tudo certo até ai. Tempos depois resolvemos ir em um bar ali perto da região, para comprar refrigerante para o almoço, ai a molecada toda sobe em cima da carroceria da Silverado (uns 5 moleques, inclusive eu), meu pai ainda fora do veiculo, destrava o freio de mão (na fé que veiculo estava engatado), e fecha porta para conversar com o vaqueiro que tinha chamado sua atenção um pouco antes, mas de repente a caminhonete começa a descer ladeira a baixo sozinha, meu pai a berros, manda a molecada pular da carroceria enquanto ainda ela estava devagar, mas que estava acelerando (somente o filho do vaqueiro ficou lá, mas não me pergunte o porque), ele correu para porta do carro pra tentar abrir, mas por algum motivo ela não abria (ele não percebeu que tinha apertado o botão de trava no controle quando fechou a porta, e durante o desespero pouco lembrava de chaves ou controle), então eu e ele em um ato de desespero, corremos para frente do veiculo e começamos a empurra, achando que de alguma maneira poderíamos parar aquele trem daquele tamanho, logo apos 10 metros de esforço inútil, ele mandou eu sair da frente e deixar ela descer, depois de uns 60 metros a mais de aceleração, ela se estipafa na cerca de arame liso de 4 fios, arrancando 4 estacas do chão, enquanto os fios de aço se toravam, mas que somente 1 conseguiu segurar ela, quando se encaixou logo acima do parachoque.

O maior perigo foi que a 100 m dali tinha um barranco de mais de 3 m, em angulo de quase 90°, e que o filho do vaqueiro deu muita sorte de não estar em pé durante a batida da cerca, já que um fio de arame passou por cima da caminhonete com muita força, tudo isso podia ter machucado muito ou até mesmo matado o menino... No mais, poucos estragos, cerca arrebentada, poucos arranhões no veiculo, o susto tremendo, e a trabalheira de empurrar a caminhonete ladeira a cima (tinha muita gente na hora) com todo mundo com fome e em um maldito sol de rachar...

_________________
“Ousadia contém gênio, poder e magia.” (Göethe)

Voltar ao Topo Ir em baixo
conectado
coletto



Mensagens : 366
Data de inscrição : 20/01/2011
Idade : 24
Localização : Castanhal -PA

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Sab Abr 27, 2013 2:12 am

Mamute-sc escreveu:
vou me aventurar a contar uma q sempre me acompanha, não é de acampamento (pois essas eu tenho poucas devido a pouca experiência) mas acho q vale a pena

na adolescência eu namorava uma garota q valia a pena, mas q morava numa cidade vizinha (6km da minha) e um dia, q valeu mais a pena ainda, perdi o último ônibus (lembram do trem das 11 kkkkk) conclusão bater a pé os 6 km para voltar pra casa

quando faltavam 1,5km pra chegar a entrada da cidade, tem uma matinha, não muito grande mas bem densa, aí fiquei mais experto, não por causa de bichos, mas de possíveis ladrões, aí andava quase no meio da rodovia, olhado para o lado da mata, de repente um barrulhão vindo do outro lado do acostamente (q não tinha mata e era bem em aclive) com coração saindo pela boca dei um pulo de lado já olhando na direção do barulho e vi um burro q estava pastando no barranco mas q havia se assutado comigo e escorregou, conclusão ele estava com mais medo do q eu e tentava dar ré e escorregava, em questão de milésimos de segundos o susto se transformou em risada e sempre q lembro dessa história tenho vontade de rir


farai qualquer coisa pra ver essa cena!!! heuauehuahe

me espoquei de rir imagianndo!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
coletto



Mensagens : 366
Data de inscrição : 20/01/2011
Idade : 24
Localização : Castanhal -PA

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Sab Abr 27, 2013 2:58 am

Sandro, eu nasci numa cidade perto de Altamira, Uruará,
cara uam vez quando eu era pequeno(eu tinha uns 6-7 anos), nos estavamos em alter do chao( Santarem), o rio tava seco nessa epoca,ae dava pra atravessar a pé mesmo, a minah mae e o meu irmao foram com o pessoal pela trilha certinha onde nao tinah agua, ja eu e o meu pai( gaucho filho de italiano, teimoso que só o carai) fomos pela agua mesmo,com agua ate o joelho, nos andavamos parecia umas garças, ae a gente so via o pessoal grita la do outro lado,e a gente como todos bons surdos nao entendia nada, ao chegar na margem, encontramos com o pessoal e um morador local,que dizia que o caminho onde eu e o meu pai estavamos era impestiado de arraia, e que nao sabia como nos dois tinahmos saido dali sem uma ferroada!!

pense num -.- trancado que a gente fico!! ehauhuhuaheu

é ralado, ferroada de arraia é terrivel, meu pai é medico,e ja viu um negao de 2m chora que nem uma criança com um ferrao de arraia na canela!
dizem que realmente é uam dor de 24h, que nem de escorpiao!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
coletto



Mensagens : 366
Data de inscrição : 20/01/2011
Idade : 24
Localização : Castanhal -PA

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Sab Abr 27, 2013 3:05 am

falando em escorpiao, ja fui picado por um no lote dos meus pais, em medicilandia(so cidade intocada hein)
tava ajudando um peao a montar um galpao de manha cedo,la estava eu de bermuda, os pium me comendo vivo,eis que decidi vestir uma calça de tecido fino(nem sei qual o nome é) achei a minah calça na varanda da sede colocada sobre a mureta da varanda, virei ela do avesso e vesti, fui ajudar a fazer o galpao e tal,quando de repente sinto uma coceirinah na minha coxa direita,porra pensei qeu era um piumzinho dentro da calça e larguei um baita tapa na minah coxa( um pouco acima do joelho) so senti aquela picada, na hora pensei " PQP era uma abelha na calça" tentei ver o bixo puxando a calça pela cintura e olhando pra dentro mas nao consegui, logo entrei na casa da minha vo( que nao tinah ninguem por sinal) e tirei a calça e comecei a sacudir, e nada de sair a dita abelha,sacudi mais forte ainda e so vi aquele baita escorpiao amarelo de uns 7cm saindo da calça e andando pra fora!!
carai,sai so de cueca da casa da minah vo gritando " CARAIIII escorpiao me pico!!!!!!!"
pronto demorei 2h pra chegar no hospital (minah mae fico embrimando) cheguei la o medico passo um anti-alergico e um fernegam, dormir por mais 2h e voltei pra casa, cheguei la procurei o fdpzinho pra cume aquele safado, nao achei -.-
fiquei sentindo dor por 24 h, den oite na rede parecia que o locar ardia,parecia que esquentavam um ferro ate ficar vermelho e colcoavam na minah perna!!! poutz é uam -_-!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Drakenzi



Mensagens : 252
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 103
Localização : MS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qua Maio 01, 2013 2:00 am

esse causo tem umas 5 semanas que aconteceu comigo
tava aqui em casa quase dormindo o funcionário chega e fala,
- Ow vamo la no arrendamento levar sal e pegar umas trairas,
sem pensar mt peguei minhas varas umas iscas e a bendita salsicha, em quanto eu ia estacionando o trator o Ailtom vinha trazendo o sal
depois de 40 minutos de trator num sol infernal chegamos ao arrendamento, tratamos logo de ir cuidar do gado.
Quando fomos pescar, conversa vai conversa vem pegamos varios bagres, lambaris, tairas , as malditas jijuns (cabeça de martelo, parece uma traira mas é preta, feia, gosmenta e maior), os pestilentos dos bagres africanos, quando caiu a tarde tive a brilhante ideia de iscar com a salsicha, pra que Odin, Javé, Thor??? pra que???... joguei a isca e vi que bocou muito rápido e era forte de mais pra ser um peixe normal, até pra um bagre africano... gastei uns 30 minutos brigando com o bicho, qnd a linha chegou mais perto vi que era um jacaré de mais ou menos 1,50-60 e brabo pa carai o fdp, no fim, matei ele com o facão, tiramos o coro e ele virou jacaré empando, que pessoalmente é uma das melhores carnes da nossa fauna!
perdi o couro dele pq estragou, mas ainda ta pregado na arvore amanha posto as fotas kkkkk
Falei com o dono do sitio ele me disse
- PORRA PEGO SÓ UM CARAIO? eles tão comendo todas as iscas que eu soltei la, deve ter uns 10! pode pega tudo eles pra você!
dai marcamos de voltar la buscar o resto deles, obviamente quero estreiar meu arco lá rsrrsrs
acho que vou tirar as garras desse e fazer um colar, os proximos vao dar bainha pra faca, facão, quiver, colar, se bobia pinduro um na parede kkkkkkkkk
Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil Twisted Evil

_________________
Ainda que eu ande pelo vale da sombra, pera ai, eu sou o vale da morte e da sombra, você é que fique com medo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://nawakum.blogspot.com
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Dom Ago 18, 2013 6:34 pm

Coletto.
Tenho um amigo (um grande amigo) em Campo Mourão que vai todo ano pra Alter Do Chão, ele se Chama Darci Besler e tem um sitio lá em sociedade com o irmão e o pai dele que moram lá. Ele vai todos os anos em dezembro/janeiro passar as férias lá (eta cabra feliz). Eu ainda tenho parentes em Altamira (tia e primos - Família Lino). É um lugar maravilhoso e pra quem gosta de pescaria e aventura, é o lugar certo.

Drakenzi.
A caça no Brasil é proibida e a apologia a ela aqui no fórum pode trazer conseqüências aos dignatários deste, então, vamos evitar esse tipo de comentário senão o nosso amigo Calil pode ter problemas, sem contar que você pode ter que responder criminalmente por isso também né.

Vamos lá pessoal, mais nenhuma aventura digna de ser contada aqui.
Eta povinho ruim de serviço eim.

Bom. Essa me aconteceu quando eu era criança (uns 25 aninhos, por ai... brincadeirinha, uns 10 anos de idade). Estávamos eu e dois primos meus andando na mata na fazenda dos meus avós e quando cruzamos um córrego que cortava a fazenda, nos deparamos com um rastro, no mínimo perturbador. Era como o rastro de um lagarto, com as marcas das patas, hora de um lado e hora do outro e uma valeta que seguia a marca das patas percorrendo pelo leito e pela margem do córrego. Nem eu e nem meus primos nunca havíamos visto algo assim, pensamos, inicialmente que pertencia a um jacaré, mas naquelas bandas não haviam jacarés e mesmo que fosse, as marcas das patas eram como de um cavalo e não como de um lagarto ou jacaré, por maior que ele pudesse ser. Aquilo nos tomou a tarde inteira de investigação e depois de seguirmos o rastro até os limites do sítio com uns vizinhos bem chatos que haviam por lá, (desses que não gostam de crianças por uma implicância boba por causa de algumas goiabas que usamos pra fazer uma guerrinha particular, coisa de primos), então acabamos por terminar a perseguição ao terrível monstro por ali mesmo. Aquilo preencheu o resto da nossa tarde com divagações e planos mirabolantes de surpreender a temida criatura em um momento próximo, pesquisamos iscas para atraí-la e coisas do gênero. A tarde caiu e era hora de voltar pra casa (principalmente depois de descobrirmos a estada de um monstro nas entranhas da mata do córrego), então, nos recolhemos para a sede da fazenda onde a deliciosa comidinha da vovó nos aguardava. Durante o jantar, a conversa sobre as pegadas estranhas veio à baila e depois de contarmos o misterioso descoberto um dos meus tios, ainda com um resto de comida na boca quase se engasgou de tanto rir. Quando isso aconteceu, imediatamente descobrimos que havíamos caído em uma cilada.
Esse meu tio havia descoberto um tronco de aroeira caído na beirada do córrego e laçou-o e amarrou à cela do cavalo e resolveu levar até a beirada da cerca para trocar uns troncos que estavam apodrecendo. Se nos tivéssemos passado a cerca e seguido mais alguns metros, veríamos o tronco em meio ao capinzal, e não teríamos dado esse vecha que foi suficiente pra virarmos motivo de gozação por várias semanas.
Cuidado, não vão andar perto do "corgo" senão o jacarézão pega vocês eimn!


Abraços a todos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
rogers2



Mensagens : 25
Data de inscrição : 06/07/2012
Idade : 32
Localização : Lages, SC

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qui Set 19, 2013 8:07 pm

Fazia muito tempo que eu não entrava aqui no arcobrasil, e apesar de gostar muito de todos os tópicos, esse de buschcraft é o que mais gosto. Ainda mais quando encontro respostas dos mestres como o Sandro, que sempre me remetem à aventura, e ainda vi uma resposta relembrando o Pará, que é um estado que eu vivi, trabalhei e adoro.

bom, também tenho uma histórinha pra contar, do tempo que trabalhava na conserva da BR-163, entre Santarém e rurópolis.
tinha um colega , cearense, que gostava de tomar uma rama depois do expediente, na hora do descanso. um dia ele tava voltando de uma vilinha no km 164 em direção ao acampamento no km 179, de caminhão, com mais uma penca de milico na carroceria, e decidiu parar no 175, onde tinha uma lagoa, cheia de jacaré. era só olhinho brilhando.
o bichão "caçadô" que era, pegou o "berro" e falou: "ei Macho, vou pegar um jacaré" deu um tiro, e nada. deu o segundo tiro e o pessoal ficou focando o farolete , aí não teve jeito: tudo que é jacaré sumiu e só um pequeninho virou a barriguinha pra cima.... ah rapaz, esse meu colega ficou se achando o "caçadô" , e agora o problema, quem vai pegar?

pois bem, foi o conceição, bicho "brabo", tirou o calção e foi com "as partes" de fora, entrou na lagoa e pegou o jacaré morto.


jogou dentro de um freezer que tava na carroceria do caminhão e dê-lhe ipioca e sapupara, chegaram no acampamento e foram fazer o jacaré assado. aí esse meu colaga fala pra cabo véi, "Moysaniel, vai buscá a caça, macho" , lá vai o vivente, bebim, abre a "friza" e mete a mão olhando pro lado, por sorte e por Deus o abençoado olha pra dentro e vê o jacarezinho dando uma bocada no vazio..... aí o cabo véi dá um jeito de tirar o jaca do freezer e levar perto do fogo, onde o pessoal tava reuinido.... quando ele contou a historia, e todo mundo bebado, ninguém sabia o que fazia, o conceição começa a dar risada pensndo se a mãe do jacaré tava lá do lado, tinha levado " as parte" do hômi...

rapaiz, no fim das contas teve até discurso contra a caça e em defesa dos filhotinhos de jacaré.....


desculpa a lenga-lenga, mas é que escrevendo não dá pra contar direito....
apesar de todo o perigo, demos muita risada depois

um abraço a todos

_________________
"Um homem não pode fazer o certo numa área da vida, enquanto está ocupado em fazer o errado em outra. A vida é um todo indivisível." o pequeno Mahatma Gandhi
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Sex Set 20, 2013 9:51 pm

Pois é Roger. Coisa boa é aquele Pará. Pretendo ir lá novamente rever meus parentes que ainda moram lá por que os amigos nem iriam mais lembrar de mim. KKKKK.
Pescar no Xingú veio de guerra e acampar na ilha dos cajueiros, na verdade eu não sei o nome da ilha mas nós a chamávamos assim porcausa da quantidade de pé de cajú que tinha lá, se for possível um homem viver só de caju, lá ele vai viver gooordo, se é que o leledeto pogreço não acabou com tudo por lá também né.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Roth



Mensagens : 6
Data de inscrição : 21/01/2013
Idade : 19
Localização : São Leopoldo - RS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Dom Abr 13, 2014 4:30 pm

Desculpem renascer o tópico tanto tempo depois, mas lembrei de um causo que meu pai contou. Estava ele e o pai dele caçando ratão-do-banhado no Rio Jacaquá, próximo a Alegrete-RS. Naquela época meu pai tinha por volta dos oito anos, final dos anos 60. Era só acabar o ano letivo, pegar as tralhas e acampar, caçar e pescar durante toda as férias com meu avô e meus tios. Estava somente meu avô e meu pai no acampamento e meu pai foi armar uma ratoeira de mola, que prende na pata do rato quando ele pisa, tipo aquelas famosas de filmes só que menor. Ele precisava do local certo e o rio era próximo do acampamento, mas ele foi se afastando procurando o trecho ideal. Achou um local perfeito, lugar raso, onde o ratão passasse caminhando e pisasse no prato fazendo os dentes se fecharem, decidiu que ia armar a ratoeira ali. Largou o prato sobre aquele monte de terra e quando puxou a mola forçando os dentes para baixo. Nessa hora o monte de terra se mexeu e um pequeno jacaré de uns dois metros ficou visível, querendo saber o que era aquilo que meu pai estava montando em cima dele. Meu pai soltou um grito, que não sabe quem estava mais assustado ele ou o bicho. Meu avô que estava tomando um chimarrão quando ouviu o grito, jogou a cuia pra cima e saiu correndo pra ver o que tinha acontecido, os dois correndo um fugindo pro acampamento e outro indo em direção ao grito. Se encontraram na metade do caminho, quando meu pai contou do jacaré, meu avô pegou a espingarda e foi atrás do "rato", mas quem disse que acharam? O jacaré mais assustado com o grito, do que meu pai com ele, já estava longe. No outro dia foram procurar a cuia e também não acharam. Três dias depois pegaram o "lagartão" de barco. Essa ninguém acredita, mas se foi meu pai quem disse, então é verdade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
feralhog



Mensagens : 326
Data de inscrição : 18/05/2014

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qua Abr 15, 2015 9:23 pm

Causo escrito por mim de como tudo começou, espero que gostem.

Nasci no ano de 1987, e por incrível que pareça nesta época o caçador não era esse bicho papão que é hoje. Lembro-me que quando criança, tinha por volta dos meus 8 anos de idade, uma professora me pediu para fazer um pequeno livro contando alguma aventura, lá foi eu mergulhar na infinita criatividade de uma criança, adivinha o nome do livro? O Caçador, é uma pena não possuir o pequeno livro para recordar-me. Lembro que minha mãe desenhou a capa para mim, era um rapaz que apontava sua dois canos, para algum animal, sim querido leitores minha MÃE desenhou para mim, para vocês verem que o caçador antigamente não era tido como bandido e sim como uma pessoa honrada que protegia mais que depredava a natureza. Talvez alguns não se lembrem, mas quem salvou a chapeuzinho vermelho foi um caçador. Esses dias contei a historia do chapeuzinho vermelho para meu sobrinho e quando falei a palavra caçador ele olhou para mim bravo e falou: - Titio, não foi o caçador e sim o policial quem a salvou. Desde que me entendo por gente já andava com um estilingue e um embornal com minhas pedrinhas de barro, minha vó sempre fazia as pedrinhas de barro e botava pra secar ao lado das panelas no fogão a lenha e quando eu chegava na roça era aquela alegria, me armava com meu estilingue feito de jabuticabeira, câmara de ar de pneu cortada e amarrada com barbante e ia para empreitada, rsrsrsrs, quase sempre não acertava nada, mas aquela sensação de ser um caçador já tomava conta de mim, ninguém vira caçador, a gente nasce assim, com esse extinto que parece tomar conta de todo nosso pensamento. Lembro-me que quando tinha por volta dos meus 10 anos fui presentado pelo meu pai com uma Lerap calibre 36, quando eu olhei aquela belezura não consegui nem dormir mais, todo dia ia admira-la, limpa-la e lembro que meu pai falava assim: - Para de limpar essa arma rapaz, vai gastar a oxidação. Mas eu não queria saber de nada, perguntava todo dia ao meu pai quando iriamos para o mato, e ele sempre mandava eu estudar e tirar notas boas e assim nós iriamos para o mato. Quando entrei de férias e claro sem recuperação fui com meu pai a Casa do Caçador, era uma loja que possuía aqui na minha cidade e ele comprou 10 cartuchos de metal e um pio de juriti pra mim, eu sem entender para que aquele pio parecido com um tamborzinho servia. Meu pai pegou o pio e piou uma vez e olhou pra mim e falou: - Aprendeu? Se não se vira. Confesso que meu pai nunca foi um cara com muita paciência, mas sempre foi um grande pai. Pois então logo no outro dia cedo íamos para uma fazenda que o irmão do meu pai havia comprado, arrumamos a tralha e quando foi umas 5 horas da manha meu pai me acordou: -Vão bora rapaz, quem dorme de dia é ladrão pra roubar a noite. E quem disse que eu havia dormido? Levantei lavei o rosto e partimos rumo a Bela Joana (O nome Bela Joana rende uma outra prosa que irei contar para vocês), um município que pertence a São Fidélis-RJ, estrada difícil, de tanto que chovia havia limo em toda a estrada, com muita dificuldade chegamos na propriedade do meu tio, fomos recebido com um café farto e logo fui pegando a espingarda e lembrando de todas as normas de segurança que meu pai sempre me ensinou. Meu pai mandou eu ir em uma pequena mata que tinha na propriedade para caçar juriti, meu ponto de referência era uma mexeriqueira que possuía na mata, pois então fui eu, empunhei minha Lerap calibre 36 como se fosse uma Pieper Bayard calibre 20, botei meus cartuchos no embornal, pio no bolso e lá fui eu subir morros e mais morros. Quando cheguei na mexeriqueira encostei a espingarda e fui beber água pois lá passava um córrego que descia direto da serra, me refresquei e sentei embaixo da mexeriqueira e comecei a piar juriti, aliás, tentando piar pois mal me lembrava como era o piado que meu pai havia me ensinado. Após algumas tentativas algo respondeu e a partir desse momento eu entendi que nada nem ninguém vai te ensinar mais do que os próprios animais, fui ouvindo a juriti piando e imitando-a, quando menos espantei ela pousou a uns 5 metros de mim, e eu já com a minha 36 devidamente municiada com chumbo mostarda, engatilhei-a e sem muita cerimonia premi o gatinho, a juriti desceu rodando e caiu dentro do córrego, aquilo foi uma emoção tão grande que joguei a espingarda longe e pulei no córrego pois as aguas queriam levar minha juriti, depois que a peguei fiquei extasiado com o meu GRANDE feito, rsrsrsrsrs, após essa consegui abater outra, provavelmente era o casal, logo voltei para a fazenda contando o meu feito, meu pai tratou de ensinar a limpar e preparar logo. E no dia seguinte retornamos a selva de pedra, mas alguma coisa havia mudado em mim, a paixão pela natureza cresceu e o respeito também, e hoje com 28 anos toda vez que vou para o mato é como se a mãe natureza me abraçasse e dissesse: - Bem vindo filho.

_________________
afro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qui Abr 16, 2015 6:44 pm

É um bom causo Feralhog.
Muito bem narrado e, embora todos nós tenhamos um causo sobre a primeira vês que conseguimos realizar nossas proezas de caçador, a primeira é sempre a primeira e será sempre inesquecível.
Uma pena realmente esses dias passarem pois a cada dia ficamos mais criminalizados.
Eu pratico arco e flecha em um bairro novo aqui na minha cidade e, embora não tenham casas mas o dono de uma floricultura planta grama lá pra poder fazer jardinagem e os donos dos lotes agradecem pois não precisam pagar pra ninguém fazer a limpeza, então, eu vejo no olhar de algumas pessoas que vão fazer caminhadas por lá o medo que sentem por eu estar atirando flechas e, embora seja perfeitamente seguro eu nunca atiro quando tem pessoas na linha de fogo, mesmo que estejam a mais de 500 m de distância.
Meu pai me contava que caçava veados na praça central de Campo Mourão, onde eu nasci e trazia o bicho nas costas e a espingarda na mão, ainda parava no boteco pra tomar uma e mostrar pros amigos, hoje se algo assim acontecer o cidadão é preso e jogam a chave fora.
Os valores mudam, mas sempre pra pior.
Histórias como essa sua ou a do meu pai vão ficar cada vês mais raras ou até mesmo inexistentes daqui a algum tempo.
Parabéns pela experiência.
Voltar ao Topo Ir em baixo
feralhog



Mensagens : 326
Data de inscrição : 18/05/2014

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qui Abr 16, 2015 7:49 pm

Fala amigo Sandro, que bom que gostou, fico feliz que uma pessoa tão experiente como você tenha a sensibilidade de saber o quanto é bom essas lembranças, realmente essas histórias estão cada vez mais raras e daqui a um tempo não passarão de lendas. Nunca pensei em escrever esse tipo de coisa, mas acho legal deixar registrado para os amigos uma coisa que já praticamente não acontece mais, e pra mim é muito gosto ler e poder relembrar como foi cada sensação que tive.

Um grande abraço!

_________________
afro
Voltar ao Topo Ir em baixo
RoqueBrasileiro



Mensagens : 80
Data de inscrição : 06/05/2012
Idade : 31
Localização : Orleans/SC - Porto Alegre/RS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qui Abr 16, 2015 9:11 pm

Vou contribuir com outro "causo"... Foi na fronteira entre Brasil e Argentina nos idos tempos da década de 1960. Estavam meu pai ainda criança e meu avô empunhando suas cartucheiras em uma mata esquecida neste deserto verde que são os pampas. Outrora, esta mata servia como local de punição dos escravos fugidos e era possível ver as correntes, que uma vez aprisionaram esses homens, pendidas nas mais altas árvores. Já era fim de tarde quando a dupla avistou um robusto gato do mato debruçado no topo de um angico. Essa besta desafiava os dois gaúchos e se recusou a retroceder. Quando meu avô assestou o cano da arma em direção ao animal, meu pai, impressionado com a beleza selvagem da pantera, pediu para meu avô não atirar. Meu avô guardou a espingrada e ambos partiram. Na volta, cruzaram por uma certa tapera e decidiram montar acampamento ali mesmo. Ao ajeitar o pelego para dormir meu pai encontrou uma gachurra daquelas bem antigas, ainda dotada com o o sistema de fecho de sílex. Só restavam os dois canos oxidados da pistola, ja vencida pela batalha inexorável contra o tempo. Meu avô falou para o meu pai que aquela arma era um presente do gato por ter poupado sua vida naquela mata assombrada. Faz alguns anos atrás e eu ainda tinha essa peça da minha história guardada, mas depois da mudança da casa minha mãe nunca mais a encontrei. Uma pena!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qui Abr 16, 2015 9:56 pm

Show de bola. Ótimo causo também. As histórias antigas são sempre as melhores não é?
Se encontrar, tire umas fotos e nos brinde com as imagens da garrucha.
Falando em gatos criados, me lembro de uma presa de onça que meu avô tinha e que após o seu falecimento minha avó deu de presente ao meu irmão que, por sua vês me deu mas eu nunca consegui por a mão pois foi roubada da caixa de jóias da minha avó antes que eu conseguisse pegá-la. Esta peça estava lá porque meu tio, genro deste meu avô foi quem abateu a pintada com uma Winchester 44.40 e mandou fazer um encaixe de ouro 24K na base da presa com um anel para passar a corrente de um chaveiro e gravar o nome do meu avô, que foi presenteado com ela. Bom, primeiro que jamais eu vou conseguir outra presa de uma onça e segundo que esta era especial por ter pertencido ao meu avô e terceiro que hoje, ouro 24K com essas dimensões dá quase pra comprar um carro zero (exagerando, é claro).
Voltar ao Topo Ir em baixo
RoqueBrasileiro



Mensagens : 80
Data de inscrição : 06/05/2012
Idade : 31
Localização : Orleans/SC - Porto Alegre/RS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Sex Abr 17, 2015 11:47 am

Verdade... Parece que com o tempo essas histórias ganham uma auréola mística entorno delas. E esses pequenos tesouros de família? Na minha opinião valem tanto como uma obra de arte exposta em um museu... inestimáveis!
Voltar ao Topo Ir em baixo
feralhog



Mensagens : 326
Data de inscrição : 18/05/2014

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Sex Abr 17, 2015 2:06 pm

Sandro escreveu:
Show de bola. Ótimo causo também. As histórias antigas são sempre as melhores não é?
Se encontrar, tire umas fotos e nos brinde com as imagens da garrucha.
Falando em gatos criados, me lembro de uma presa de onça que meu avô tinha e que após o seu falecimento minha avó deu de presente ao meu irmão que, por sua vês me deu mas eu nunca consegui por a mão pois foi roubada da caixa de jóias da minha avó antes que eu conseguisse pegá-la. Esta peça estava lá porque meu tio, genro deste meu avô foi quem abateu a pintada com uma Winchester 44.40 e mandou fazer um encaixe de ouro 24K na base da presa com um anel para passar a corrente de um chaveiro e gravar o nome do meu avô, que foi presenteado com ela. Bom, primeiro que jamais eu vou conseguir outra presa de uma onça e segundo que esta era especial por ter pertencido ao meu avô e terceiro que hoje, ouro 24K com essas dimensões dá quase pra comprar um carro zero (exagerando, é claro).

Amigo Sandro, vale muito mais que uma ferrari! ou melhor dizendo, não tem preço!

_________________
afro
Voltar ao Topo Ir em baixo
feralhog



Mensagens : 326
Data de inscrição : 18/05/2014

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Sex Abr 17, 2015 3:26 pm

http://iurisodre.blogspot.com.br/2015/04/o-macuco-armado_17.html


Meu pai sempre gostou da lida, fazendo sol ou chuva lá estava ele com sua Amadeo Rossi mocha de um cano, calibre 20. Sempre gostou de bichos de pêlo, mas os animais de pena sempre o encantaram, principalmente o Tinamus Solitarius vulgo Macuco. O macuco é um animal de vida sofrida, quando está no chão vive em alerta pois são vários os predadores que o querem, e ao entardecer empoleira, mas por ser muito pesado faz muito barulho ao voar, e isso é um prato cheio para os caçadores, pois depois que empoleira ainda emite o seu belo piado e pelo simples extinto entrega sua posição. Mas como dizia meu pai: - Quem mata macuco empoleirado é covarde.

Era um dia de chuva fina o mato estava bem molhado e sendo assim ótimo para caçada de esbarro, mês de agosto, época de os animais de pena acasalarem, o macuco começa com sua famosa chororocadeira avisando que chegou a época de procriarem, a mata está farta de alimento. Meu pai preparou a tralha e saiu cedo, ele gostava de andar cedo pois sempre falava que os animais de pena pulam para fora do ninho na madrugada! E primeiro ele procurava os lugares certos, geralmente quando algum macuco piava ele ia mais ou menos na direção e piava, se o macuco respondesse era ali que ele armava a choça, para quem não sabe a choça é uma cabaninha geralmente feita de folhas de palmito, hoje existem panos camuflados de todas as cores e formas possíveis, mas naquela época não. No primeiro piado que meu pai deu em questão de segundos o macuco respondeu, e meu pai ficou animado, sem muita paciência para armar a choça ele viu uma arvore caída e nela se aquietou, o vento de agosto havia tombado aquela imensa peroba rosa e na caída ela abraçou outras arvores e acabou por não tocar totalmente o chão, lá vai meu pai subir na arvore que estava a uns dois metros do solo, se aquietou, esperou mais um tempo e emitiu um belo piado, questão de segundos ele ouviu o piado do macuco novamente, mas um piado estranho como ele nunca havia ouvido, ele já meio nervoso destravou a calibre 20 e emitiu mais um piado, foi quando ele sentiu uma pequena vibração na arvore, e ao olhar para trás seu corpo gelou, viu aquela imensa jaguatirica simplesmente parada olhando para ele, todo felino tem o poder de hipnotizar o ser humano e ele ficou admirado com aquele animal lindo, e ao levantar sua .20 ele cometeu um erro, ele piscou, ao olhar novamente para o lugar só viu folhas levantando. E até hoje não sabe se o que viu foi o espirito da mãe natureza o impedindo de caçar na época da procriação ou uma velha e esperta jaguatirica que ao ouvir o suposto macuco piar, chegou para perto para conferir, mas se assustou pois te garanto que ela nunca viu um macuco armado.


OBS: Isso é uma uma história inventada por mim, portanto na há verdade! abraços

_________________
afro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Qua Abr 22, 2015 2:01 am

Bom. Então ai vai mais duas que eu particularmente não vivenciei, mas que me foram contadas em rodas de churrasco ou de peixada com os protagonistas das mesmas.

Tenho um bom vizinho aqui em Naviraí e ele gosta de pescaria também, só que é iniciante no negócio e resolveu ir pescar em uma ilha no rio Paraná com dois amigos, um dos quais era dono de um barco. Ocorreu que ao desembarcar na ilha descarregando o barco os marinheiros esqueceram de amarrá-lo na margem e quando retornaram para a embarcação esta tinha descido correnteza abaixo. O dono do barco queria fazer a loucura de pular atras mas os outros não deixaram. Um dos marinheiros tinha um celularzinho desses bem antigos e, depois de subir em um morro próximo, conseguiu contatar um amigo que morava às margens do Paraná mas como a noite já caia e uma chuva pesada começava a se aproximar, este não quis sair de casa nessas condições e disse que esperaria amanhecer. Contataram então os bombeiros da região que perguntaram se havia alguém ferido ou morto no que responderam que não, então, só depois de amanhecer.
Já passava das duas da madrugada quando ouviram um motor de barco se aproximando e começaram a gritar.
Quando o barco se aproximou, era um pescador local que foi contactado pelo amigo do dono do barco e foi atras do barco dos marinheiros à noite e na chuva e vinha rebocando-o.
Bom, o fim da história é que esperaram amanhecer e voltaram pra casa felizes de ser só isso que aconteceu e, apesar de o pescador ter cobrado pela façanha de resgatar o barco deles, ninguém reclamou do valor ou do fato da cobrança.

Tenho alguns amigo em Engº Beltrão que gostavam muito de caçar antes de isso ser proibido e numa noite fria de inverno em que facheavam capivara eles desciam de bote de madeira um riacho que desemboca no Ivaí. Dois no remo e um na carabina. O que estava na carabina resolveu ficar em pé pra ver melhor à distância, foi quando um galho baixo se estendeu acima do riacho e o bote passaria por baixo dele. Mesmo com o alerta dos dois que estavam no remo, o cidadão resolveu segurar no galho e fazer força pra parar o barco. Ocorre que o cidadão em questão estava acostumado com botes de alumínio que são mais leves e em uma situação dessas, se você firmar o pé na embarcação e segurar firme o galho, o barco para, porém, um barco de madeira por ser mais pesado não dá pra segurar. Resultado, ficou o fulano enroscado no galho da árvore que acabou cedendo e jogando o infeliz dentro do rio... gelado.
Pra finalizar a história, só deu três cidadãos fazendo fogueira nas margens do riacho pra secar a roupa do pinto molhado que tremia como vara de bambu na ventania.

Nessas rodas de reunião de pescadores a gente acaba vivendo junto com os amigos as aventuras que eles tiveram e se diverte junto. Além de boas risadas, saboreia-se um bom churrasco regado a uma cervejinha gelada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
feralhog



Mensagens : 326
Data de inscrição : 18/05/2014

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Dom Abr 26, 2015 8:02 am

Boa Sandro, kkkkkk

_________________
afro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mamute-sc
General
General


Mensagens : 7330
Data de inscrição : 24/08/2010
Idade : 48
Localização : São Carlos - SP - Brasil

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Dom Abr 26, 2015 7:51 pm

show, legal ouvir esses causos, foi essa a intenção quando criei o tópico, bom demais
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sandro



Mensagens : 463
Data de inscrição : 14/11/2010
Idade : 50
Localização : Naviraí - MS

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Seg Abr 27, 2015 1:05 am

Grande Mamute.
Faz tempo que eu não via um comentário seu.
Já estava me sentindo meio abandonado. Heheheh.
Esse tópico é inesgotável pois sempre que vamos vivendo novas situações, vamos postando aqui pra enriquecê-lo.
Um forte abraço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mamute-sc
General
General


Mensagens : 7330
Data de inscrição : 24/08/2010
Idade : 48
Localização : São Carlos - SP - Brasil

MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Seg Abr 27, 2015 9:55 pm

estou sempre de olho, pena é que a correria da vida não me permite escrever sempre, rezando para sair logo um aplicativo em que eu fale e a as palavras vão preenchendo os espaços

mas já que estou com um tempinho, não lembro se já contei essa, mas repetir é relembrar  Very Happy

"um amigo meu" foi caçar uns tempos atrás, espera para javali, sabia mais ou menos a hora que os bichos passavam por ali, mas aquela noite estava esquisita, muito silenciosa, nem pernilongo tinha

passou um tempo na espera e ouviu um barulhinho, uma fêmea de javali com uns 7 ou 8 filhotes passou por baixo da espera, em passo largo, sem fazer questão de parar no milho, coisa estranha, fazer o que, esperar por algum macho

noite passando e nada, depois que a família passou parece que ficou mais quieto ainda, menos de hora depois tudo em silêncio, esse "amigo meu" sente algo no ar e olha para baixo, uma pintada com bastante parmo de comprimento passando ali, debaixinho dele

antes de tremer apoiou o arco e já levou a mão no cano de porva que estava fácil, mas sem fazer barulho, antes mesmo de perceber a pintada já tinha seguido a trilha por onde adentrara a fêmea com a prole

com o coração na boca esse "amigo meu" esperou mais um bom tanto, desceu da árvore e foi pra casa, já tinha tido aventura demais por aquela noite

e isso não é prosa não, é verdade verdadeira mesmo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: "causos" interessantes de acampamento   Hoje à(s) 8:15 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"causos" interessantes de acampamento
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» IMAGENS INTERESSANTES.
» 5cento - Informações interessantes sobre este charmoso carrinho
» Calibragens interessantes para buggys.
» SUGESTOES DE NOME DE SITE
» Dicas para acampar viajando de moto

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ARCO BRASIL :: Outros setores :: Camping e Bushcraft-
Ir para: