ARCO BRASIL
Atenção seguir as regras abaixo para comprar ou vender no fórum. Quem não seguir as regras será banido, tera os IPs bloqueados e tópico deletado. Sem exceção à regra!

Leia as regras no tópico abaixo:

http://www.arcobrasil.com/t42-regras-basicas-leia-com-atencao-antes-de-postar-um-topico
ARCO BRASIL

Fórum sobre Arco e Flecha (e tudo que for relacionado ao tema) para reunir todos os entusiastas deste esporte seja para competição ou lazer.
 
InícioCalendárioFAQMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Análise de um Composto Conceito

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fabio Storch



Mensagens : 54
Data de inscrição : 07/05/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre / Três Passos - RS

MensagemAssunto: Análise de um Composto Conceito   Seg Jun 22, 2015 1:09 pm

Olá pessoal,
 Talvez muitos de vocês já tenham se deparado com esta imagem:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

  Trata-se de uma ilustração 3D feita no software Blender, por um artista.
  Tirando a parte estética de seu design futurista, gostaria de focar na sua possível funcionalidade. Neste quesito, o que chama a atenção é a presença das pequenas polias presas ao riser. Não sei se meu raciocínio está correto, mas este arco poderia se comportar como um Dual Cam, sendo que cada cam tracionaria o seu próprio eixo. Tomando a cam superior como exemplo, o seu módulo tracionaria o pequeno cabo yoke e a força seria redirecionada, através da pequena polia, para puxar o próprio eixo da cam. O mesmo ocorrendo com a cam inferior.
  Não sei se poderia funcionar desta forma. Desconfio que em minha maneira simplista de ver esteja faltando algo bem importante.
  Pelo desenho há dois cabos distintos que passam pela polia pequena e não fica bem claro como seria esse sistema.
  Gostaria de saber se seria viável fazer algo parecido ?
  Abs.

_________________
Bear Attitude 60#
Diamond Core 50#
Recurvo Takedown WGP 35#
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ruy



Mensagens : 1969
Data de inscrição : 27/08/2012
Localização : Rio Claro / Assis - SP

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Seg Jun 22, 2015 1:25 pm

Olhando superficialmente, esse arco não funciona. Eu disse superficialmente.
Em nenhuma parte existe uma excentricidade que possa "tensionar" as lâminas. As polias são perfeitamente centradas e então elas fariam somente o braço de alavanca como nos Mathews no cam. É preciso um módulo parecido com uma cam do outro lado. Se tivesse uma vista do outro lado da cam daria para tirar alguma conclusão e, mesmo assim, se os lados não forem simétricos vai causar um tremendo cam lean.
Mas é achismo. Sem detalhes, sem conclusões.

Very Happy


Última edição por Ruy em Ter Jun 23, 2015 1:17 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabio Storch



Mensagens : 54
Data de inscrição : 07/05/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre / Três Passos - RS

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Seg Jun 22, 2015 3:36 pm

A ilustração, realmente, não condiz em nada com a realidade. Meu intuito ao postá-la foi apenas trazer à discussão a possibilidade de haver um sistema semelhante a esse, onde existiria a "parceria" entre a cam e a polia presa ao riser. Teoricamente o sistema poderia funcionar desde que respeitadas as ressalvas observadas pelo Ruy, como excentricidades, assimetrias, geração de cam lean, além de outras. Desta forma, para tentar esclarecer melhor, é como se imaginássemos colocar neste arco as cams do Mission Riot por exemplo. Analisando de uma forma muito grosseira, o cabo yoke ao invés de puxar o eixo da cam oposta, seria conduzida a voltar ao seu próprio eixo pela polia presa ao riser. Mas isso são apenas "supositórios" Laughing.

_________________
Bear Attitude 60#
Diamond Core 50#
Recurvo Takedown WGP 35#
Voltar ao Topo Ir em baixo
fabiomic



Mensagens : 598
Data de inscrição : 15/10/2011
Idade : 42
Localização : Rolândia-PR

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Seg Jun 22, 2015 3:51 pm

Parece um Oneida com cam´s...

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ruy



Mensagens : 1969
Data de inscrição : 27/08/2012
Localização : Rio Claro / Assis - SP

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Ter Jun 23, 2015 1:35 pm

Olhando agora com mais calma, parece que funciona e poderia ser inclusive ambidestro se utilizasse um riser shoot through.
O único senão é que a regulagem do comprimento da puxada talvez venha a precisar de uma troca de cam. E outros detalhes como o letoff baixo, puxada macia, ... que é só especulação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabio Storch



Mensagens : 54
Data de inscrição : 07/05/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre / Três Passos - RS

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Ter Jun 23, 2015 4:43 pm

Uma das primeiras implicações que me ocorreu, foi justamente essa questão da puxada.
 Olhando superficialmente, parece que é meio curta a distância entre a cam e a polia do riser. Ao imaginarmos todo o curso que a cam tem de fazer, ao mesmo tempo que traciona as lâminas ao longo de todo esse curso, a cam em full draw ficaria muito próxima a polia pequena.
 Outra questão é que, aparentemente, em lâminas que não sejam pós paralelas , a tensão ficaria concentrada quase toda num único ponto e não distribuída de forma mais uniforme ao longo da lâmina. Mas isso dependeria do design do projeto como um todo.
   Abs.

_________________
Bear Attitude 60#
Diamond Core 50#
Recurvo Takedown WGP 35#
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ruy



Mensagens : 1969
Data de inscrição : 27/08/2012
Localização : Rio Claro / Assis - SP

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Ter Jun 23, 2015 5:58 pm

Odeio quando tenho que parar o meu serviço por causa do tiro com arco. Very Happy  Very Happy  Very Happy

Uma outra imagem, num outro ângulo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

E como presumivelmente funciona.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ao puxar a corda, as polias maiores criam um braço de alavanca que gira também as polias menores. Essa polias menores devem ser excêntricas (fora do eixo) ou uma cam para criar o letoff. Se estiverem perfeitamente centradas, não haverá esse efeito e o arco funcionaria como um recurvo, ou seja, suporta a tensão máxima na puxada máxima.

As polias menores ao girarem puxam os cabos em direção da ponta da lâmina, "encurtando os cabos" e fazendo com que a lâmina se aproxime do riser. Isso cria o efeito mola.

A parede, ou o muro, que define o comprimento da puxada do arco é determinado pela parte que parece um bico da polia maior. Não havendo um draw stop o muro deve ficar bem borrachudo, um pouco indefinido. Se o bico da polia determina o comprimento da puxada, elas devem ser trocadas para cada comprimento assim como a corda e talvez os cabos. Se o arqueiro tiver uma puxada curta vai ter que fazer um bocado de força porque as polias devem ser pequenas e o braço de alavanca será proporcionalmente menor.

Esse arco é ambidestro e o cam lean será mínimo, se bem regulado, porque tudo parece ser simétrico. Se o riser fosse shoot through estaria perfeito. Não existe o cable guard para tirar os cabos da linha de saída da flecha.

Se a polia menor for também redonda, o arco deve ser extremamente macio para puxar. Eu tive um arco PSE com polias Vector, tudo redondo, tudo tranquilo.

Se a engenharia conseguir uma polia de comprimento de puxada regulável com módulos e uma parede sólida, seria um bom arco.
Já existe também o problema de tuning, além da corda, 4 cabos. Um vai e vem da prensa. Se aquele pivô que liga os cabos no riser for flexível talvez minimize o efeito.

Mas o projeto é bastante interessante.

Sds.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabio Storch



Mensagens : 54
Data de inscrição : 07/05/2014
Idade : 40
Localização : Porto Alegre / Três Passos - RS

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Qua Jun 24, 2015 11:26 am

Ruy, obrigado pelos comentários.
Daria para fazer muitas melhorias com esse sistema, para tornar o arco mais adaptável e confortável ao arqueiro, sem perda de eficiência.
Eu até já me questionei do porque não ter sido desenvolvido algo semelhante, comercialmente.
Fica aqui a sugestão para o próximo projeto do Fabiomic Laughing
Abs.

_________________
Bear Attitude 60#
Diamond Core 50#
Recurvo Takedown WGP 35#
Voltar ao Topo Ir em baixo
coletto



Mensagens : 366
Data de inscrição : 20/01/2011
Idade : 24
Localização : Castanhal -PA

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Qua Jul 01, 2015 4:55 pm

Seria um arco lindo, belo designe,
mas a minha duvida é:

a corda é presa aonde??? scratch scratch scratch

pois aparentemente ela só da a volta na cam, não aparece aonde ela é presa!!!

pois assim, ela ta que nem aquele arco composto da 1ª temporada de arrow!
as cams estao so pra enfeite
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ruy



Mensagens : 1969
Data de inscrição : 27/08/2012
Localização : Rio Claro / Assis - SP

MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Qua Jul 01, 2015 10:41 pm

Boa pergunta. Suponho que esteja na face oculta... Shocked
Fez um bonito desenho e poderia ter continuado com a simulação. Assim daria mais credibilidade ao projeto.
Ou pelo menos uma vista explodida para a gente achar os defeitos. Very Happy

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Análise de um Composto Conceito   Hoje à(s) 3:02 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Análise de um Composto Conceito
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Do que é composto o preço de um carro importado?
» Pneus com mais de um composto. Tiro pela culatra???
» Fiat Brava Preto Vesúvio
» S500 Coupé 1994
» (W163): Problemas e soluções gerais - ML320 1998

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ARCO BRASIL :: Equipamentos :: Arcos Compostos-
Ir para: