ARCO BRASIL
Atenção seguir as regras abaixo para comprar ou vender no fórum. Quem não seguir as regras será banido, tera os IPs bloqueados e tópico deletado. Sem exceção à regra!

Leia as regras no tópico abaixo:

http://www.arcobrasil.com/t42-regras-basicas-leia-com-atencao-antes-de-postar-um-topico
ARCO BRASIL

Fórum sobre Arco e Flecha (e tudo que for relacionado ao tema) para reunir todos os entusiastas deste esporte seja para competição ou lazer.
 
InícioCalendárioFAQMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Entrevista com Marcelo Roriz bicampeão brasileiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
rodlopesms



Mensagens : 152
Data de inscrição : 04/03/2012
Idade : 45
Localização : Aquidauana/Campo Grande - MS

MensagemAssunto: Entrevista com Marcelo Roriz bicampeão brasileiro   Qua Abr 02, 2014 11:12 am

Pessoal, segue abaixo uma entrevista que a FETARCO-MS fez com o nosso bicampeão brasileiro de Tiro com Arco.

Tem várias dicas excelentes para todos nós arqueiros e amantes deste esporte fascinante.

--------------------------------------------------------------------------------------

1 -  Como você vê o Tiro com Arco no cenário do esporte nacional?
O Brasil vive um bom momento esportivo em virtude das Olimpíadas Rio 2016. Isso aumenta a atenção das pessoas para outros esportes além dos já tradicionalmente famosos como futebol, vôlei e automobilismo. Nos últimos anos um trabalho mais intenso tem sido realizado, com maiores investimentos e uma participação mais frequente de brasileiros em competições internacionais. Isso tem dado maior visibilidade ao esporte, mas ainda longe de outras experiências que tive a oportunidade de presenciar como na França onde há cerca de 100 mil arqueiros federados ou nos Estados Unidos, onde se pode comprar arco em inúmeras lojas. A popularização do esporte depende de exposição em mídia, acesso a equipamentos e existência de ídolos nacionais que multipliquem o desejo de jovens em buscar o esporte. Infelizmente, por aqui, ainda estamos longe de alcançar esses pontos. Mas entre o que vi quando iniciei no esporte há 10 anos atrás e o que temos hoje posso dizer que melhorou muito.
 
2 – Estamos observando um aumento no número de interessados no Tiro com Arco em várias escolas pelo país. Como você acha que isto vai influenciar no esporte?
Como falamos anteriormente isso é reflexo do momento olímpico brasileiro. Essa oportunidade é única e tem que ser bem aproveitada. Para multiplicar ainda mais esse número é fundamental que o acesso a equipamentos seja facilitado para que todos possam comprar um arco, assim como compram uma chuteira ou uma raquete de tênis no shopping. Não tenho dúvida que a influência no esporte com o aumento de adeptos é o pilar para grandes resultados. Veja o exemplo do Marcus Vinícius que ganhou o Jogos Sulamericanos no Chile, ele começou em um projeto social da CBTARCO em Maricá - RJ e, no momento, é o principal atleta de arco recurvo brasileiro. Quantos outros talentos não podem ser encontrados?
 
3 – Como é sua rotina de treino antes das competições? Um mês antes e 1 semana antes das competições?
Minha rotina de treinos é de 2 horas diárias - 5 vezes por semana. Gostaria de treinar mais, mas os afazeres profissionais não me permitem. Além disso tem a preparação física em academia (4 vezes por semana), onde faço natação e corrida e um pouco de musculação. No período de competições a rotina não aumenta ou diminui muito, até porque deveria ser até mais. Além do trabalho técnico é necessário também investir em trabalho mental, tenho lido e estudado bastante sobre isso. Uma boa referência é o livro With Winning in Mind, vale a pena ler.
 
4 – Qual o seu equipamento atual?
Acabo de adquirir o Hoyt Pro Comp XL. Atirei nos últimos 3 anos com o Contender Elite, um arco muito estável. Espero que o Pro Comp tenha o mesmo comportamento.
 
5 – Quantas horas você treina com arco por semana? Quantos tiros em cada treino? Você diminuiu o número de tiros por treino depois que mudaram as regras do Tiro com Arco (agora sem o Round Fita).  Você faz alguma preparação física diferenciada? Se sim qual os exercícios recomenda, aeróbicos e musculação ou um combinado? Quantas vezes por semana e tempo gasto com esses exercícios?
Treino 5 dias por semana com uma média de 2 horas diárias e 120 - 150 tiros por treino. 
Com a mudança das regras não me fez diminuir os treinos, pois o que importa não é o tanto de flechas, mas sim como você atira cada flecha. Tento aproveitar melhor o tempo de treino, pois não posso atirar os 200 tiros diários que gostaria, então tenho que fazer dos meus 120 tiros os melhores. Além disso a preparação física é um fator importante do processo. Faço natação, corrida e alguns pesos específicos para manter a forma 4 vezes por semana. 
Mas esse é um esporte mental e acredito que todos nós arqueiros temos que dedicar um tempo ainda maior para essa preparação.
 
6 – Que tipo de gatilho você gosta mais, e qual você atualmente utiliza nos campeonatos? Back tension ou de Botão.  Quais as vantagens e desvantagens de cada um.
Não existe o melhor gatilho, existe o gatilho com o qual você atira melhor. Utilizo um Carter Solution 3 regulado para ser utilizado com botão (ele também pode ser usado com Back-tension). O que gosto deste gatilho é que ele tem a cabeça móvel de um gatilho de back-tension com a opção de ser disparado com a pressão no botão de disparo. As vantagens de cada modelo dependem muito da sua adaptação ao equipamento. Eu, por exemplo, nunca me adaptei a um gatilho de Back-tension, mas acredito muito no potencial deste gatilho. E sobre o de botão, vale lembrar que a tensão de costas é fundamental, em outras palavras, ele é um gatilho de Back-tension com um acionado do disparo.
 
7 – Quais suas metas para este ano? E quais competições você pretende participar?
A minha grande meta no esporte é atingir uma medalha de nível mundial, em Copa do Mundo ou Campeonato Mundial. Mas o sonho não vai se realizar só por eu desejá-lo, o que faz a diferença é o que eu faço cada dia para chegar lá. Tenho buscado um equipamento ideal, aprimoramento técnico e ler sobre treinamento mental para implementar em competições. 
Neste ano, além do Mundial Indoor na França disputado no mês de Fevereiro, espero conseguir uma das vagas para representar o Brasil na Copa do Mundo nas etapas da Colômbia, Turquia e Polônia. Busco também uma vaga para o Campeonato das Américas na Argentina no mês de Outubro e, por fim, o Campeonato Brasileiro no Rio em Novembro.
 
8 – Que tipo de prova você mais gosta de atirar? Indoor ou Outdoor?
Prefiro o Outdoor, acho mais desafiante a prova pelas variações climáticas e a distância maior. 
Porém, com a minha classificação para o último mundial Indoor me dediquei durante 4 meses somente ao Indoor e vi que também é tão desafiador quanto o Outdoor, pois a diferença entre o erro e o acerto é muito pequena. O ideal, é assim como na Europa e EUA, termos a temporada dividida em 2 etapas - 4 meses de Indoor e 8 meses de Outdoor.
 
9 – Quanto tempo você acha que um arqueiro consegue ficar no seu auge?
O auge para um arqueiro é uma eterna busca. Peter Elzinga fez incríveis 1.419 pontos no Round FITA e se você perguntar para ele não estará satisfeito e vai querer mais. Assim somos nós arqueiros. O auge é quando o talento encontra as condições para por em prática suas habilidades. Creio que é preciso uma base de pelo menos 2 anos para os primeiros resultados consistentes. E o mais importante nesse esporte é a regularidade. Reo Wilde tem a frase que somos tão bom quanto nosso pior disparo. Isso é verdade, numa série de 6 flechas, se você fizer 5 tiros no 10 e um 7, este 7 será cobrado.
 
10 - Você começou a atirar em 2004, quanto tempo demorou para você começar a ganhar títulos? Você sempre teve técnico?
Logo em 2005 já ganhei meus primeiros títulos de Campeão Goiano e Centro-Oeste e fui 3° colocado no Campeonato Brasileiro disputado em Vitória - ES. Foi uma ascensão até certo ponto rápida, em 1 ano cheguei aos 1.350 pontos no Round FITA, porém depois disso cada degrau fica bem mais alto. 
Sempre tive a oportunidade de ter bons técnicos com quem aprendi muito. Primeiramente, em Goiânia, o Henrique Junqueira que me ensinou bastante. Depois morei um tempo no Rio de Janeiro e por lá tive uma excelente oportunidade e convivência com o Renato Emílio, que me ensinou muito sobre o lado mental do arqueiro. Posteriormente, me mudei para São Paulo e desde 2008 trabalho com Disney Machado e obtive bons resultados. Com esse trabalho com Disney, consegui atingir um nível competitivo consistente, melhorei bastante meu desempenho em combates, bati meus recordes pessoais. Mas ainda tem muito a ser feito.
Para um arqueiro no Brasil ter a oportunidade de ter um técnico ao lado nos treinamentos sempre é um grande privilégio. 
E aqui vale a pena um comentário, que tive a honra de treinar por três anos com Roberval dos Santos, o Tico, meu ídolo neste esporte e o agradeço muito pela oportunidade de poder aprender com ele.
 
11 - No Brasil quase não existe espaço na mídia para outros esportes além do futebol. Como podemos fazer para o tiro com arco aparecer mais?
Com competições realizadas no modelo das grandes provas internacionais, focadas na realização de combates com tecnologia de transmissão local como telões para o público, provas narradas, etc.
Não é atraente para ninguém assistir a um duplo 50 metros ou um Fita onde ninguém sabe quem está ganhando, quantos pontos o arqueiro tem cada parcial. O vôlei era um esporte às vezes chato quando tinha o sistema de vantagens. Com a nova dinâmica se tornou mais atrativo para a Tv e conseguiu se popularizar ainda mais. Assim deve ser o arco, buscar parcerias com a Tv para realização de competições atrativas ao público local e para transmissão.
 
 12 - Você não acharia interessante o campeonato brasileiro ser transmitido em mídias alternativas como o YouTube?
A internet é um excelente veículo de divulgação, mas a massificação ainda está atrelada a exposição em televisão. Esse ano temos uma grande oportunidade de um Brasileiro com Tv, pois será realizado no Rio de Janeiro - Marques de Sapucaí, por que não uma parceria com Sportv, Espn, Band Sports?
 
13 - Você já teve target panic? Se sim como contornou a situação? Acontece muito este distúrbio entre os arqueiros de ponta? Você conhece algum arqueiro de ponta que já sofreu isto?
Eu nunca tive, mas isso é normal de acontecer. Tico já sofreu e resolveu. Braden Gallenthien (Estados Unidos) também. Uma boa solução é o uso de um gatilho back tension. E também a realização de treinos específicos para condicionamento do cérebro. Assim como treinamos nossos braços para um tiro estável, faz parte também o treinamento da mente para encarar o alvo e dominar a situação.
 
 14 - Fala se muito que os arcos são infinitamente melhores que os arqueiros. Até que ponto este domínio da Hoyt pode ser considerado qualidade dos arcos? Ou este domínio veio em grande parte através de patrocínio aos atletas?
A Hoyt realmente vem conseguindo ano a ano se sobressair e dominar o cenário mundial. Isso é fruto sim de uma boa política de patrocínio, onde a maioria dos atletas de ponta atira com arcos Hoyt, mas, além disso, fruto de um desenvolvimento tecnológico tremendo. A consistência de um Arco Hoyt, padrão de acabamento, design e a busca constante por melhorias me faz acreditar bastante na marca. Logicamente existem outras marcas muito boas também, inclusive com a conquista de grandes resultados internacionais como Matthews, PSE e Bowtech. Eu prefiro Hoyt pelo estilo de tiro, forma de regulagem e consistência. Sinceramente, não acredito em domínio só por um número grande de atletas patrocinados. Se fosse só isso a situação não sustentaria. Acredito no princípio de desenvolvimento da empresa que busca constantemente implementar melhorias para um equipamento perfeito. Isso é igual a um bom instrumento musical, o som que cada músico irá tirar depende de sua técnica e de seu talento, o mesmo se passa no arco, o instrumento é bom, tire o melhor som que ele possa dar. 

 15 – Qual a importância do aquecimento antes de começar a atirar?
O aquecimento muscular, mais do que uma preparação do músculo é uma preparação para entrar na prova. É o início do processo de concentração para a competição. Mas devemos aquecer não só o músculo, mas também a mente para que ela renda o melhor. Não sou muito adepto a alongamentos, antes de atirar, prefiro exercícios leves de rotação de braços, punhos, tronco. O aquecimento no alvo, este sim tem grande valor. As três ou quatro séries antes do início da prova são fundamentais para entrar no clima da prova. 

Leia mais: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
               http://www.mroriz.com.br

Espero que tenham gostado...

Um abraço,

Rodrigo

_________________
Diretor Técnico da FETARCO-MS
Composto Hoyt Pro Comp Elite 60#
Composto PSE Revenge 70#
Recurvo PSE Sable 55#
Voltar ao Topo Ir em baixo
Roberto de Souza



Mensagens : 514
Data de inscrição : 01/06/2010
Idade : 55
Localização : Guarujá - SP

MensagemAssunto: Re: Entrevista com Marcelo Roriz bicampeão brasileiro   Qua Abr 02, 2014 11:40 am

Excelente matéria!
É sempre bom poder saber como se porta um campeão, e o exemplo do Marcelo Roriz é excepcional.
Parabéns!
Voltar ao Topo Ir em baixo
thunder_ot



Mensagens : 233
Data de inscrição : 01/05/2011
Idade : 40
Localização : Campo Grande - MS

MensagemAssunto: Re: Entrevista com Marcelo Roriz bicampeão brasileiro   Qua Abr 02, 2014 12:14 pm

Parabéns pela inciativa Rodrigo!

_________________
•Bowtec Invasion CPX 66# 30", SpottHogg Hunter, Ripcord Code Red, Easton axis 340, Scott Exxus
•Mathews Conquest Apex7, 55# 30", Shibuya Ultima carbon, Scope Shibuya 4x, spring steel rest, doynker fatty, Easton ACC 3,49/ X7 2314, Scott Exxus
•Oneida Aero Force X80, 55# 30", easton powerflight 340/ AMS pro
•Hoyt formula Excell...em desenvolvimento.
•Recurvo Palo Santo Brasilbows 55# 29"... Haja braço!
Atiradores canhotos uni-vos !!!
Presidente da Federação de Tiro com Arco do Mato Grosso do Sul
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]" />
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Entrevista com Marcelo Roriz bicampeão brasileiro   Hoje à(s) 8:27 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Entrevista com Marcelo Roriz bicampeão brasileiro
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Desabafando pelo povo Brasileiro
» TIME DO PALAVRÃO BRASILEIRO
» Entrevista com Alexandre Garcia
» W140 W124 - A Hora Marcada (filme brasileiro)
» Vídeos do Marcelo Tonella

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ARCO BRASIL :: Discussão Geral-
Ir para: