ARCO BRASIL
Atenção seguir as regras abaixo para comprar ou vender no fórum. Quem não seguir as regras será banido, tera os IPs bloqueados e tópico deletado. Sem exceção à regra!

Leia as regras no tópico abaixo:

http://www.arcobrasil.com/t42-regras-basicas-leia-com-atencao-antes-de-postar-um-topico
ARCO BRASIL

Fórum sobre Arco e Flecha (e tudo que for relacionado ao tema) para reunir todos os entusiastas deste esporte seja para competição ou lazer.
 
InícioCalendárioFAQMembrosRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Alex Lima



Mensagens : 399
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 37
Localização : Interior SP

MensagemAssunto: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Qua Jan 08, 2014 12:03 am

Tire suas dúvidas sobre a mudança na alíquota de IOF para gastos no exterior
PUBLICIDADE FOLHA DE SÃO PAULO

A mudança na alíquota do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) incidente em gastos no exterior pegou muitos turistas de surpresa.
Governo eleva para 6,38% IOF nos pagamentos com cartão de débito no exterior

IOF
A partir de sábado, 28 de dezembro de 2013, pagamentos feitos com cartão de débito, saques em moeda estrangeira no exterior, compras de cheques de viagem (traveler check) e carregamento de cartões pré-pagos com moeda estrangeira terão incidência de IOF de 6,38%, o mesmo do cartão de crédito. Antes, o imposto pago era de 0,38%.
Com as alíquotas igualadas, vantagens como a obtenção de pontos ou milhas no uso do cartão devem começar a ser pesadas pelo consumidor.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O turista deverá agora levar em conta algumas variáveis antes de fazer sua escolha entre os vários meios de pagamento possíveis:
– a taxa de câmbio usada
– o momento em que é feita essa cotação
– a alíquota de IOF
– outras taxas pagas
– a segurança.
Além da pontuação do cartão de crédito, vale a pena pesquisar outras vantagens, como a possibilidade de ter reduzida ou zerada a tarifa mensal que paga a seu banco.

Outros fatores a pesar são os limites de gastos e saques oferecidos por cada instituição e as possíveis perdas quando for preciso fazer conversões para outras moedas (no caso de moeda em espécie ou de cheque de viagem, por exemplo, quando o país para onde se vai tem uma moeda diferente da que foi adquirida).

Na avaliação do governo, com o aumento, evita-se que um meio de pagamento seja preterido por outros em decorrência de sua estrutura de tributação.

Para Reginaldo Galhardo, gerente de câmbio da Treviso Corretora, porém, o objetivo é outro. "A intenção é conter o consumo do brasileiro no exterior. O governo pode ter percebido que os brasileiros estão utilizando bastante esse instrumento. Mesmo com o aumento do dólar no ano (de 14,7%), estamos batendo recordes de gastos fora do Brasil. Os cartões pré-pagos eram os preferidos dos consumidores pelo imposto menor", diz.

Segundo ele, o governo está tentando recuperar as perdas que ele teve com medidas recentes de incentivo, como a desoneração da folha de pagamento. "A preocupação dele é com a arrecadação. A melhor forma de compensar isso seria com redução dos gastos públicos, mas isso não está nos planos do governo, especialmente com a aproximação do ano eleitoral", acrescenta.

O governo espera arrecadar R$ 552 milhões no ano com a mudança do IOF.

Ainda segundo o Ministério da Fazenda, as compras de moeda estrangeira em espécie feitas no mercado de câmbio brasileiro não têm alteração em sua tributação e seguem com alíquota de 0,38%.


Veja as características de cada um dos meios de pagamento:
DINHEIRO EM ESPÉCIE
- cotação usada: varia de acordo com o banco ou a casa de câmbio e costuma ser mais alta. As taxas usadas pelos bancos costumam ser melhores, mas pode ser necessário apresentar comprovantes da viagem
- momento da cotação: quando as moedas são compradas. É possível, portanto, "travar o câmbio", ou seja, garantir a cotação, o que pode ser vantajoso quando se espera uma alta da moeda estrangeira
- IOF cobrado: 0,38%, no momento da compra
- outras taxas: depende de onde for feita a compra. Bancos costumam cobrar uma porcentagem. Nas casas de câmbio, as taxas podem estar embutidas na cotação
- segurança: menor, pois está sujeito a perda, furto ou roubo

CARTÃO DE DÉBITO
- cotação usada: a taxa usada depende do banco; a referência é o dólar turismo, mais caro que o comercial
- momento da cotação: no dia do uso para alguma despesa ou do saque. A cotação, portanto, varia a cada dia. Isso pode ser uma vantagem se o preço da moeda estrangeira cair, ou uma desvantagem, se ocorrer o inverso
- IOF cobrado: 6,38%, no momento do uso do cartão, seja para uma compra ou em um saque
- outras taxas: cada banco cobra uma taxa diferente
- segurança: permite bloqueio em caso de extravio, furto ou roubo. Consulte seu banco sobre a possibilidade de requisitar um novo cartão ou saque emergencial. O prazo para a reposição do cartão varia de acordo com a região ou localidade onde o mesmo deverá ser entregue.

CARTÃO DE CRÉDITO
- cotação usada: a taxa varia de acordo com a administradora do cartão. É comum que a referência seja o dólar comercial, mais baixo que o dólar turismo.
- momento da cotação: no dia do pagamento da fatura. Caso haja diferença entre a cotação no dia da compra e a do dia do pagamento da fatura, haverá uma compensação na fatura seguinte. A cotação flutuante pode ser uma vantagem se o preço da moeda estrangeira cair, ou uma desvantagem, se ocorrer o inverso
- IOF cobrado: 6,38%, no momento da cobrança da fatura
- outras taxas: anuidade do cartão
- segurança: permite bloqueio em caso de extravio, furto ou roubo. Em geral, o cliente pode requisitar um novo cartão ou saque emergencial. O prazo para a reposição do cartão varia de acordo com a região ou localidade onde o mesmo deverá ser entregue.

CARTÃO PRÉ-PAGO
- cotação usada: a taxa varia de acordo com a instituição que emite o cartão. A referência costuma ser o dólar turismo, mais alto que o comercial.
- momento da cotação: no dia da compra do cartão ou no dia em que são feitos novos depósitos (carregamento). É possível, assim, "travar" a cotação, o que pode ser vantajoso quando se espera um aumento da moeda estrangeira
- IOF cobrado: 6,38%, no momento da compra do cartão ou de novos depósitos (carregamentos)
- outras taxas: algumas instituições cobram taxas quando o cartão é usado em saques no exterior
- segurança: permite bloqueio em caso de extravio, furto ou roubo. Em geral, o cliente pode requisitar um novo cartão ou saque emergencial. O prazo para a reposição do cartão varia de acordo com a região ou localidade onde o mesmo deverá ser entregue.

CHEQUES DE VIAGEM (traveler check)
- cotação usada: a taxa varia de acordo com a instituição que emite o cheque. A referência costuma ser o dólar turismo, mais alto que o comercial.
- momento da cotação: no dia da compra dos cheques. É possível, assim, "travar" a cotação, o que pode ser vantajoso quando se espera um aumento da moeda estrangeira
- IOF cobrado: 6,38%, no momento da compra do cheque
- outras taxas: consulte o vendedor
- segurança: em geral, possuem seguro. O turista é reembolsado em caso de perda, furto ou roubo pelo banco emissor, em geral em um ou dois dias.

*
Como ficam as compras via internet via sites terceirizados de pagamentos como PayPal? Há alguma alteração na tributação desses pagamentos?
A compra no exterior por meio de empresas facilitadoras de pagamentos internacionais, tais como a PayPal, é permitida somente com o uso de cartão de crédito de uso internacional. Assim, não houve mudança na tributação dessas operações.

*
Uma família mandará o filho para estudar numa universidade na Grã-Bretanha e tem que pagar 6.000 libras à escola no início de 2014 (correspondentes à sua matrícula/anuidade). Qual o IOF que incide sobre esse depósito que ele fará? É possível pedir um boleto para pagamento no Brasil?
Se o pagamento da matrícula/anuidade for feito com cartão de crédito internacional há incidência de IOF com alíquota de 6,38%.
Se a quantia equivalente for aportada num cartão de débito pré-pago para fazer o pagamento na chegada à Grã-Bretanha, também haverá incidência de 6,38% (sobre o valor aportado/carregado no cartão de débito pré-pago).
Se for utilizado valor já carregado (antes da medida) em cartão de débito pré-pago, não haverá incidência do IOF, pois essa operação foi tributada a 0,38% de IOF na época em que foi realizada.
Por fim, caso a opção for comprar moeda em espécie para pagamento da fatura lá no local, haverá incidência de 0,38% de IOF sobre o valor quando da aquisição da moeda. Nada mudou também na opção de fazer uma transferências para o exterior.
Com relação ao boleto, sempre que alguém precisa transferir recursos ao exterior, seja para gastos educacionais, doações, compra de produtos ou outro motivo qualquer, é necessário efetuar operação no mercado de câmbio, não sendo possível solicitar a emissão de boleto em reais para pagamento no Brasil.

*
Há possibilidade de isenção de IOF sobre despesas comprovadamente para educação no exterior?
Não há previsão de isenção de IOF sobre despesa com educação.

*
O que acontece com estudantes de graduação e pós-graduação que recebem bolsa para estudar no exterior? Vão pagar mais IOF sobre o valor que recebem?
Não houve alteração de IOF para a remessa de recursos para o exterior, não havendo, por conseguinte, alteração na situação dos estudantes de graduação e pós-graduação que recebem bolsa para estudar no exterior.

*
Envio de dinheiro, para o exterior, pela West Union, teve as taxas alteradas?
Não houve alteração de IOF para a remessa de recursos para o exterior.

*
Compra de bilhete de companhia aérea estrangeira com o cartão de crédito paga IOF de 6,38%?
Se não for uma compra no mercado externo, não há incidência do IOF-Câmbio. Desta forma, adquirir uma passagem na TAP ou Air France aqui no Brasil (e em reais) não implica operação de câmbio, logo não implica incidência do IOF de 6,38%.

*
A pessoa carregou o cartão de viagem com moeda estrangeira, não gastou tudo lá e fora e, na volta, vai vender o que sobrou para o banco/casa de câmbio. Essa operação também estará sujeita a IOF de 6,38%?
Essa operação continua com alíquota de IOF de 0,38%. A alíquota de 6,38% se aplica quando a pessoa vai carregar o cartão de débito pré-pago com moeda estrangeira.

*
Por que o governo aumentou o IOF?
Há alguns motivos para a medida do governo.
Um deles é conter os gastos dos turistas no exterior, pois isso tem aumentado o deficit nas transações do Brasil com o resto do mundo –ou seja, o Brasil tem enviado mais dinheiro para fora do que recebido de fora.
Outro objetivo é decorrente deste primeiro: se compras no exterior ficam mais caras, menos gente procura dólares e, com menos gente procurando dólares, fica menor a pressão para que a cotação do dólar suba. A compra de notas não sofreu aumento de imposto, mas, como normalmente é feita a cotação já maior, não se espera muito aumento na procura pela moeda em espécie.
Um terceiro objetivo é aumentar a arrecadação. O governo espera arrecadar R$ 552 milhões a mais em 2014 com essa alta na alíquota.

*
Quem já tinha cartão pré-pago pagará imposto maior quando for usá-lo em compras a partir de agora?
Não. O imposto incide apenas sobre compra ou carregamento ou recarga do cartão. Logo, se você tinha US$ 1.000 carregados na quinta (26), por exemplo, já pagou todo o IOF devido.

*
Cartão pré-pago que foi comprado antes de sábado (28), quando revendido, continua pagando IOF menor?
Sim. O imposto só incide na compra ou carregamento do cartão.

*
Saques feitos no exterior com cartão pré-pago pagam novo imposto?
Não. Você paga se sacar de sua conta-corrente, como já acontece hoje.

*
O IOF para cheques de viagem é pago na compra dos cheques ou quando eles são usados?
Só quando você compra os cheques.

*
Cheques de viagem comprados antes de sábado terão cobrança adicional de imposto?
Não, só os cheques de viagem comprados depois de sábado.

*
Quem trabalha ou estuda fora do Brasil e recebe dinheiro por transferência bancária também pagará mais imposto?
Não.

*
Há limite para compra de dólar em moeda?
Não.

*
Há limite para que o turista leve dólar em moeda na viagem?
Não, mas valores acima de R$ 10 mil (em qualquer moeda) têm de ser declarados à Receita por meio da Declaração Eletrônica de Bens de Viajante e apresentar-se à fiscalização da Receita no aeroporto.

_________________
MARTIN BLADE X4
Release true fire
Estabilizador Cartel Carbon
Sight Scope 5-Pin 6061-T6 Aluminum - Black
New QAD Ultra Rest Hunter - Black
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alexandre_Ramos



Mensagens : 963
Data de inscrição : 11/11/2012
Idade : 28
Localização : Ribeirão Preto - SP

MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Qua Jan 08, 2014 12:23 am

Até que demorou pro governo"se tocar" que podia aumentar a mordida....

_________________
Bear Anarchy HC 60# @28.5"
Falco Force 68" 45# @28" - Vendido
PSE Rally 70# @28.5"- Vendido
Cometa Fusion GR50 4,5
CBC B19-14 4,5
Voltar ao Topo Ir em baixo
CALIL
General
General


Mensagens : 5096
Data de inscrição : 15/08/2009
Idade : 35
Localização : SP

MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Qua Jan 08, 2014 6:00 am

Combustivel tb aumentou. IPTU aumentou.

E olhem na conta de luz, pelo menos em SP será cobrado agora bandeiras. TUDO aumentou e ninguem faz nada. merecemos mesmo. nós inclusive.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

“De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.” Ruy Barbosa
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.arcobrasil.com
Alex Lima



Mensagens : 399
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 37
Localização : Interior SP

MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Qua Jan 08, 2014 7:43 am

Calil

Na minha época de faculdade um professor já dizia que o melhor lugar deste país eram os aeroportos internacionais com passagem somente de ida.......

Triste, mas real.... cada vez mais real......

_________________
MARTIN BLADE X4
Release true fire
Estabilizador Cartel Carbon
Sight Scope 5-Pin 6061-T6 Aluminum - Black
New QAD Ultra Rest Hunter - Black
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alex Lima



Mensagens : 399
Data de inscrição : 19/12/2012
Idade : 37
Localização : Interior SP

MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Qua Jan 08, 2014 7:56 am

Sobre a conta de Luz, tem esse link aqui com bastante informação:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

_________________
MARTIN BLADE X4
Release true fire
Estabilizador Cartel Carbon
Sight Scope 5-Pin 6061-T6 Aluminum - Black
New QAD Ultra Rest Hunter - Black
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fly
Hunter
Hunter


Mensagens : 2359
Data de inscrição : 10/08/2011
Idade : 45
Localização : Içara - Santa Catarina - Sul do Mundo

MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Qua Jan 08, 2014 10:42 am

Devíamos nos mobilizar para "parar" o país por pelo menso 15 dias durante a Copa.

!5 dias, todos em casa! Nem carregadores de mala deveriam trabalhar, ninguém precisa ir às ruas...

Problema maior é o "povo" fazer isso.

Talvez fazendo um carnaval fora de época...affff

Outra coisa a fazer seria várias pessoas entrar na justiça cotnra a cobrança de impostos, iniciar várias ações.




abcs

Fly

_________________
E pensar que têm pessoas que acreditam que se acabarem com as armas no mundo os seres humanos se tornarão pacíficos.
Devem ter alguma falta grave de inteligência.
Fly.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bruno Garcia



Mensagens : 1504
Data de inscrição : 28/10/2012
Idade : 25
Localização : Juiz de Fora

MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Qua Jan 08, 2014 11:15 am

Nossa, que ideia ótima do governo! Ao invés de investir em melhorias para tornar o comércio nacional mais atrativo e de qualidade, por que não aumentar os impostos, assim o povo para de comprar fora o que não acha aqui, ou acha em preços absurdos e qualidade baixa.

Parabéns Braziu! Dilma neles!
Voltar ao Topo Ir em baixo
geekslack



Mensagens : 229
Data de inscrição : 18/09/2013
Idade : 39
Localização : Santo André - SP

MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Sex Jan 24, 2014 1:21 pm

Pra que o governo irá investir na industria e no comercio nacional? É mais fácil dificultar que se compre lá fora, se empresas sérias se basearem aqui no Brasil, haverá problema pro governo, pois essas empresas, acostumadas a obterem retorno equivalentes aos impostos pagos, iriam começar um levante contra o governo que embolsa os impostos e não os retorna em investimentos e melhorias principalmente de infra estrutura para a população.

_________________
William Ferraz
Geek_Slack
Arco Take Down Recurvo - Chronus 40 lbs - modelo: Zeus.
Flechas PSE Carbon Force Radial X Weave STL Hunter 400

"A vida é como um arco, quando a tensão está ao máximo, quer dizer que ela vai te jogar pra frente com toda força e velocidade, como uma flecha."
Voltar ao Topo Ir em baixo
fernandorizzi



Mensagens : 633
Data de inscrição : 10/01/2012
Idade : 30
Localização : Bagé - RS

MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Sex Jan 24, 2014 1:30 pm

Aki subiu IPTU , combustivel , que diga-se de passagem esta R$ 3,12 o litro da Gas COMUM ( A PODIUM esta R$ 3,95 o litro ) e sem falar no que fizeram com as passagens intermunicipais agora .. E VAII SUBIRRR MAIS ....AGUARDEM

Alguns postos de pedágio foram fechados e a passagem por exemplo de Bagé para Porto alegre que custavaR$ 70,80 caiu exatamente R$ 0,50 CENTAVOS !!!!! E ACREDITEM .... uma semana depois a passagem subiu para R$ 80,00 ....
MAIS DE 10 % .

_________________
PSE Brute X 2012 70# 29'' Vendido
PSE Kingfisher 45# 28'' Vendido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014   Hoje à(s) 5:15 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Novo IOF - 6.38% a partir de Janeiro 2014
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Onde/como comprar AP
» Kit Original - Alto falantes KA Novo
» Passeio Arrábida AsaMotos / Clube DTR 12 Janeiro 2014!!
» 3ª Maratona "Por trilhos de Abrigada e Montejunto" - 19 Janeiro 2014
» Indicações Foto do Mês - Janeiro 2014

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ARCO BRASIL :: Discussão Geral-
Ir para: